Viver
Arena das Dunas recebe a edição do Pôr do Samba neste sábado
Publicado: 00:00:00 - 20/10/2021 Atualizado: 22:22:31 - 19/10/2021
A história do samba no Brasil  é o enredo que vai embalar a edição especial do projeto Pôr do Samba, neste sábado, na Arena das Dunas, às 16h. O show, que será fechado só para convidados, faz parte da gravação de um documentário sobre a trajetória do ritmo mais popular do Brasil. Será um “documentário cantado”, que unirá as apresentações musicais às informações didáticas sobre o batuque. O filme, dirigido por Athos Muniz, está programado para ir ao ar em novembro, no canal de Youtube da Viva Entretenimento.  

Divulgação
Show, que será para convidados, faz parte da gravação de documentário sobre trajetória do ritmo

Show, que será para convidados, faz parte da gravação de documentário sobre trajetória do ritmo


O show será conduzido por uma banda base formada por alguns dos melhores sambistas de Natal, comandada por Leonado Galvão, do Ribeira Boêmia, e a participação de convidados especiais, músicos que levam o samba para os quatros cantos da cidade. Entre os nomes  confirmados estão Rafa Barros, Dani Cruz, Heli Medeiros, Eugênio Bezerra, Gláucio (do Mesa12), e Bagadão. Serão cinco horas de música, num ambiente com conteúdos exclusivos e estrutura diferenciada.  

Sambas históricos 
Para cantar essa história de samba, o repertório foi especialmente selecionado. Leonardo Galvão escolheu 70 canções, entre os maiores clássicos e sucessos do gênero, que serão divididos entre períodos. É muita história pra sambar, afinal, o gênero está no terreiro nacional desde o começo do século XX, nascido entre as comunidades afro-brasileiras urbanas. Desde “Pelo telefone”, gravado em 1917, até os poderosos popstars do samba do século XXI. Vai ter uma batucada para cada década. 

O produtor Jarbas Filho, da Viva, ressalta que não se trata de mais um “ao vivo” de festa, baseado apenas nas músicas. “O show é só uma etapa do projeto. Ele vai complementar o conteúdo que criamos para o material”, explica. A parte “contada” do documentário contará com a narração e atuação da influenciadora digital  Fernanda Guimarães, conhecida como a “Rainha do Alecrim”.  As gravações serão realizadas em estúdio. 

A parte didática do documentário contou com a pesquisa de um historiador, que contextualizou cada fase do gênero. O filme tem a intenção de passar por toda a história do samba, desde o processo de surgimento, da ascensão de música proibida à símbolo nacional, abordando também alguns dos subgêneros, como samba enredo, partido alto e pagode. 

Jarbas espera que o filme, além de divertir quem aprecia um bom samba, também sirva como material de pesquisa e objeto de estudo para iniciantes. “O objetivo desse material é ir além da festa, pois queremos que ele também funcione como uma introdução ao samba, um objeto inicial de pesquisa para quem quiser saber mais sobre o tipo de música que gosta de ouvir”, analisa. O “Pôr do Samba Documentário” tem patrocínio via incentivo fiscal da Lei Djalma Maranhão pela prefeitura de Natal. 

A festa seguirá todos os protocolos estabelecidos pelo decreto de retomada dos eventos pelo Governo do Estado e acontecerá em uma grande área aberta e ventilada, proporcionando espaço para o distanciamento do público, e todos do evento trabalharão devidamente testados e vacinados contra a Covid-19.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte