Cookie Consent
Esportes
Arquitetando o futuro: Cidade Alvinegra é pensada pela diretoria do ABC
Publicado: 00:00:00 - 03/07/2022 Atualizado: 19:53:06 - 02/07/2022
O ABC caminha a passos largos atrás de concretizar mais um grande sonho da massa alvinegra, que é a Cidade Alvinegra. O projeto ainda está numa fase embrionária, mas o clube segue buscando apoios para tornar viável uma tarefa que começou a ser alinhavada ainda na administração de Fernando Suassuna a frente do clube e que o atual presidente Bira Marques, que assumiu após a renúncia do ex-presidente, agora conseguiu transformar numa bandeira. Os torcedores compraram a ideia, a ponto do arquiteto André Felipe de Medeiros Dantas, 29 anos, ter feito no seu trabalho de conclusão de curso (TCC) do curso de Arquitetura e Urbanismo da UFRN, o projeto do novo Centro de Formação de Atletas e agora começou a conversar com a diretoria sobre a possibilidade de fazer parte da equipe que irá tocar o processo.

Reprodução ABC
A Cidade Alvinegra ainda está sendo pensada pela diretoria do ABC, mas, um arquiteto aproveitou a ideia para, no seu TCC, elaborar o projeto arquitetônico. Imagens invadiram as redes

A Cidade Alvinegra ainda está sendo pensada pela diretoria do ABC, mas, um arquiteto aproveitou a ideia para, no seu TCC, elaborar o projeto arquitetônico. Imagens invadiram as redes


Dentro da escala de torcedor fanático do ABC, André Felipe, disse que vinha acompanhando o debate dentro do clube a respeito do assunto e como o projeto inicialmente foi batizado como Escola de Futebol do ABC, como Suassuna determinou, ele decidiu, inicialmente, focar suas atenções para imaginar e depoisprojetar como poderia ser essa escola. Depois disso veio a fase de pesquisa em torno dos centros de treinamento de outros clubes, no sentido de saber que tipo de ideias poderia trazer para o RN.

“Minha referência acadêmica foi baseada principalmente em dois centros de treinamentos: o do Barcelona e o do São Paulo. Também tirei alguns aspectos do Ninho do Urubu, mas apenas pequenos detalhes para trazer e colocar dentro desse projeto que imaginei ser o CT do ABC”, disse.

O arquiteto ressaltou que uma de suas principais preocupações ao traçar os planos, foi dar origem a um equipamento que garantisse segurança aos jovens que estivessem dentro dele, uma vez que a ideia surgiu logo depois daquele incêndio no Ninho do Urubu.

“Confesso que aquele acidente com as divisões de base do Flamengo me chocou bastante na época. Então resolvi trabalhar o equipamento que teoricamente seria o do ABC com um alto patamar de segurança. Esse centro de treinamento possui decisões arquitetônicas com muita segurança contra incêndio, possui blocos separados, para evitar que o fogo se alastre por muitos compartimentos e bastante área de escape, no sentido de facilitar a fuga  em caso de acidente”, reforçou.

Reprodução ABC
O projeto contempla uma quadra de esportes coberta

O projeto contempla uma quadra de esportes coberta


André Felipe faz questão de ressaltar que o projeto dele não é o mesmo que foi apresentado pela diretoria do clube ao prefeito de Parnamirim, Rossano Taveira, mas que caiu no gosto do torcedor pelo fato dele ter publicado o seu trabalho de conclusão de curso na internet, quando muitos torcedores tiveram acesso e passaram a espalhar o boato de que aquele seria o projeto final da futura Cidade Alvinegra.

“Quando publiquei o TCC deixei claro que seria apenas o meu projeto de conclusão de curso, mas as imagens passaram a circular em diversos grupos e logo surgiu a ligação com o projeto oficial do ABC. Eu ainda nem conheci o autor do projeto que foi apresentado pelo clube, mas confesso que como torcedor, gostaria de fazer parte da equipe que irá trabalhar nessa parte. Assino qualquer parte que eles permitirem e será uma honra muito grande para mim ter essa oportunidade”, salienta o profissional.

Como a ideia inicial era a construção de uma escola de futebol, que depois passou para um centro de formação e agora se transformou na Cidade Alvinegra, que dá uma amplitude bem maior ao que está por vir, André Felipe foi obrigado a ir atualizando o seu projeto e decidiu tirar proveito dos torcedores que visitaram a sua página para lançar uma pesquisa para saber qual o melhor nome para batizar o projeto e o escolhido foi o de Marinho Chagas.

Reprodução ABC
O clube passaria a ter várias áreas para treinos e acomodações

O clube passaria a ter várias áreas para treinos e acomodações


“Acredito que estaríamos prestando uma grande homenagem a Marinho Chagas, foi uma escolha aberta entre os torcedores no Facebook que votaram em massa no ex-atleta abecedista, que em 1974 foi apontado como o melhor lateral-esquerda do mundo na Copa da Alemanha”, disse.

O projeto desenhado está num processo bastante embrionário, servindo apenas para definir a utilização de alguns tipos de materiais. Para levantar custos ele teria de mergulhar mais fundo, o que é considerado um projeto à parte. Mas a grosso modo o arquiteto garante que já possui definido 90% do material que poderá ser usado na construção do novo espaço alvinegro.

“Como a ideia é fazer um espaço para as divisões de base e com o desejo de tirar a licença de clube formador na CBF, o clube terá a obrigação de construir alguns equipamentos como salas de aula, centro clínico com espaço para psicólogos, dentistas e um clínico. Idealizei um espaço com três módulos, com alojamentos, área de serviços e um espaço para treinamento coberto, além de um campo principal, assim como um centro administrativo. A cidade vai ocupar um espaço de 10 hectares em Parnamirim”, explicou.

Reprodução ABC
O arquiteto sugere a instalação de alguns locais de convivência

O arquiteto sugere a instalação de alguns locais de convivência


Assessor especial da presidência do ABC, Cláudio Porpino que acompanha de perto os trâmites para criação da Cidade Alvinegra, disse que o processo atualmente ainda se encontra metido no meio da burocracia, acompanhando o trâmite das documentações dentro dos órgãos legais, mas que há um desejo enorme do processo começar a ser implementado a partir do próximo ano. Com relação ao arquiteto torcedor alvinegro, ele acredita que a direção irá analisar o trabalho do profissional com muito carinho.

"Quando tivemos conhecimento desse projeto de André Felipe vi logo que ele poderia contribuir com aquele que nós apresentamos à Prefeitura de Parnamirim. Convidamos o profissional para nos detalhar melhor o projeto que ele traçou, gostei muito do que vi e agora vamos buscar marcar um novo encontro com o restante da diretoria, no ABC, e iremos ver de que forma ele poderá contribuir em nosso futuro projeto", destacou Cláudio Porpino.  

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte