Arraial com as bênçãos de São João

Publicação: 2012-06-22 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Gladis Vivane - repórter

Houve um tempo em que não era necessário ir muito longe para encontrar um São João de rua em Natal. Quase todos os bairros tinham o seu, e não era raro que, na mesma comunidade, houvesse mais de uma rua enfeitada para os festejos juninos.

Mas, hoje em dia, não é tão fácil encontrar uma comemoração junina nas ruas da cidade. O estilo de vida imposto pela modernidade tem feito minguar as tradições. Os natalenses agora moram em apartamentos, passam mais tempo fora de casa e pouco ou quase nada das horas de lazer é compartilhado com os vizinhos. Nessa nova realidade, não sobra espaço para o São João de rua.

Mas, na contramão disso, algumas comunidades tem conseguido manter a tradição. Exemplo disso é rua São João, no bairro de Lagoa Seca. No mês de junho são dez dias de festa, com quermesses todas as noites e puúblico fiel.

Na rua que que abriga a paróquia do santo que dá nome à festa, o tempo parece não ter passado, e o São João é comemorado à moda antiga

TRADIÇÃO QUE COMEÇOU COM PADRE PIO

A influência da Igreja São João na tradição festiva da rua é mesmo expressiva. Os festejos juninos começaram a se desenvolver sob a regência de Padre Pio. O pároco, que foi muito famoso e atuante na cidade, promoveu reformas na igreja, engajou a comunidade nos trabalhos sociais da paróquia e foi grande incentivador das comemorações juninas da rua, ainda nos anos 60.

Graça Duarte, funcionária da paróquia e moradora de Lagoa Seca há mais de 60 anos, lembra da época de Padre Pio na igreja, e dos festejos juninos da infância:

“Eu lembro dessa igreja quando era apenas uma casinha com as paredes pintadas de cal. Nos 21 anos que Padre Pio passou como pároco aqui, a paróquia se desenvolveu, a comunidade ficou mais engajada e a festa de São João ganhou uma identidade própria dos moradores daqui. As pessoas vem aqui todas as noites na semana de São João e relembram as festas antigas, seus parentes, seus amigos, é sempre muito emocionante”, conta ela, relembrando um tempo em que a igreja cumpria um papel que ia além do religioso na vida da comunidade. O lazer de muitos também vinha da paróquia. Foi lá por exemplo, que dona Graça viu o primeiro filme de sua vida.

“A primeira vez que eu fui ao cinema, se é que podemos dizer assim, foi aqui nessa igreja. Nessa parede eu vi “A Noviça Rebelde”, é um filme que eu lembro e gosto até hoje”.

Memórias da festa

Seu José Nazareno e Dona Maria Zuleica Araújo participam do “São João da rua São João” desde 1962. Moradores de Lagoa Seca há 45 anos, eles nunca perdem a festa. “É uma comemoração muito boa. Tem o lado religioso, que é muito bonito, e o lado social, de confraternização com os amigos do bairro. Sempre viemos aqui, nossos filhos cresceram participando da festa e hoje trouxe meu neto”, conta dona Zuleica, acompanhada do neto Samy, de 12 anos.

Para o casal, a tradição na rua conseguiu resisti ao tempo graças às bençãos do próprio São João. “Não dá para deixar de comemorar o dia de São João numa comunidade abençoada por ele, não é?” completa a moradora.

O São João de hoje

Hoje a festa continua nos moldes de antigamente.

É um trabalho em equipe, que envolve toda a comunidade. Cada

um ajuda como pode. As pessoas fazem bolo, pamonha, canjica e outros pratos típicos da época, para vender nas barraquinhas que são montadas na rua. O dinheiro arrecadado fica com a paróquia. Todos os dias tem novena na igreja, e em seguida a quermesse na rua. Os jovens prepararam uma quadrilha, que anima as noites da São João. As crianças se divertem com a pescaria e fazem a festa dos vendedores ambulantes de chumbinho.

A abertura dos festejos foi realizada no último dia 14. De lá pra cá, todo dia tem festa. Já no sábado, véspera de São João, haverá uma missa às 19h, seguida de apresentações e quadrilhas. No domingo, dia 24, é o dia da procissão que leva o santo pelas ruas do bairro. O cortejo parte da igreja, às 16h. Os festejos juninos serão encerrados com uma missa ainda no domingo, às 17h.

ONDE TEM FORRÓ E FOGUEIRA

No Praia Shopping, relembrando Elino e Severino Ramos

São João do Praia Shopping – Homenageando Elino Julião e Severino Ramos, o arraiá no Praia Shopping recebe na sexta-feira, dia 22, shows de As Nordestinas (às 18h), Khrystal (às19h30) e Dodora Cardoso (às 21h). No sábado a festa começa com Issac Galvão e Trio (18h), segue com Khrystal (19h30) e termina com Dodora Cardoso (21h). Já no domingo, encerrando a programação, tem shows de Raimundo Flor e Trio (19h) e Khrystal (21h).

Arraiá da Paz da Comunidade Shalom

Comemoração do São João da Comunidade Católica Shalom. Sábado, dia 23, no Jiqui Country Club. A partir das 21h, com as bandas Feras do Forró e Forró Bacana. Os ingressos estão à venda na sede da comunidade, em Natal, na Av. Hermes da Fonseca, ao preço de R$ 12,00. Também serão vendidos na hora.

Arraiá da AABB Natal

Com programação infantil a partir das 19h, e forró com trio de sanfoneiros e Fernando Farias, a partir das 21h. A mesa com quatro lugares custa R$ 60,00. Vendas na própria sede da AABB, na Av. Hermes da Fonseca.

São João do Pepper’s Hall

No sábado, dia 23, o Pepper´s recebe o forró Playboys Lengo Tengo. A festa tem ainda a participação da banda Forró Pra Recordar.  Ingressos a R$ 20,00 (mulheres) e R$ 25,00 (homem).

São João da Asfarn com Messias Paraguai

O forrozeiro Messias Paraguai e Banda Forró Chiado animam o arrasta pé promovido pela Associação dos Auditores Fiscais do RN-Asfarn. O arraiá é no sábado (23), a partir das 21h, na Estrada de Mangabeira, sede campestre da Associação, em Macaíba. Os associados tem entrada franca, e convidados pagam R$15,00. As senhas serão vendidas no local ou antecipadamente na sede da Asfarn em Candelária.

São João do Gacc

A Festa de São João para as crianças e acompanhantes assistidos pelo Gacc acontecerá no dia 25 de junho, segunda-feira, a partir das 14h30. O evento vai ser animado pela banda Dimas Souza e Forró da Gente.

Arraiá 23

O “Arraiá 23” vai movimentar o bairro da Candelária. O evento, que é gratuito, acontecerá sábado, a partir das 20 h, na rua Marechal Rondon, em frente à sede do PPS, nas imediações da Igreja Católica da Candelária. A festa contará com a participação da banda “Balai de Gato” e terá comidas típicas, quadrilha, fogueira e decoração tradicional.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários