Arte 1 libera programação para a quarentena

Publicação: 2020-03-27 00:00:00
A+ A-
Durante a reclusão por conta do novo coronavírus, o canal Arte1 fez um acordo com as operadoras de TV por assinatura Claro, Net, SKY e Vivo, e está agora com o sinal aberto para todos os assinantes, independentemente do pacote do usuário.

Além disso, também pensando em ajudar as pessoas que estão em casa, o Arte1 decidiu liberar o acesso gratuito, até o dia 15/4, de todo o conteúdo produzido pela equipe do canal em seu serviço de streaming, o Arte1 Play. São séries, documentários, entrevistas e reportagens do Arte1, somando mais de mil e duzentos vídeos de arte.

Dentre as produções, estão listas de artistas e relatos sobre as grandes estreias de suas vidas em quadros, como o Lista Arte1 e o Primeira Vez Arte1. Por exemplo: o cronista e ensaísta Ignácio de Loyola Brandão fala dos cinco filmes que mais lhe marcaram da obra de Federico Fellini. E a jornalista Pílar del Río relembra a primeira tradução que fez para o espanhol de um romance de José Saramago, com quem foi casada.

Na coleção Estilo Arte1, o público assiste a reflexões e tendências nas áreas de arquitetura, moda, design e gastronomia. O arquiteto Paulo Mendes da Rocha está em um dos episódios, explicando a extensa e premiada reforma no prédio da Pinacoteca de São Paulo.

Novidade entre as produções do canal, o programa Dois Pontos é resultado de uma parceria entre o Arte1 e o Itaú Cultural. Em cada edição, o crítico Manuel da Costa Pinto visita uma iniciativa independente de incentivo à leitura no país. Ele já mostrou uma biblioteca em Arraial d'Ajuda e um açougue em Brasília, que distribui livros em pontos de ônibus da capital.

O Arte1 Em Movimento, a revista semanal produzida pela equipe do canal, continua inédita e agora voltada para as iniciativas dos artistas dentro de casa. Muitos são os nomes que estão promovendo shows em streaming, leituras dramáticas e até pequenos ensaios da dança na sala.

Por celular, a cineasta Marina Person comenta o filme “Morte Em Veneza”, clássico de Luchino Visconti que está na programação do Arte1, e que tem como pano de fundo justamente uma epidemia que avança pela cidade. Para complementar, o crítico literário Manuel da Costa Pinto comenta também “Morte em Veneza”, novela de Thomas Mann, e elenca outros livros que abordam pandemias, como “Decameron”, de Boccacio.

O Arte1 é um canal brasileiro de espaço qualificado que aposta na produção independente e contribui na formação do público que gosta de arte. Dança, música, artes visuais, literatura, teatro, cinema, design, moda, arquitetura e fotografia são destaques na programação.





Deixe seu comentário!

Comentários