"As profissões não vão sumir, vão mudar", afirma Martha Gabriel

Publicação: 2019-09-25 21:25:00
A+ A-
"A gente quer ter pessoas que estejam alinhadas com o futuro". Foi assim que a escritora e consultora de marketing digital Martha Gabriel iniciou sua palestra durante o "Fórum Profissional 4.0: O Futuro do Trabalho". A especialista falou sobre as características necessárias para o profissional exponencial, como mentalidade digital, criatividade, pensamento crítico e adaptabilidade.

Créditos: Alex RegisMartha Gabriel é uma das palestrantes do eventoMartha Gabriel é uma das palestrantes do evento
Martha Gabriel é uma das palestrantes do evento

Durante sua fala Martha Gabriel falou sobre o impacto da tecnologia no mundo e sobre a necessidade de aprender a conviver com ela. "Robôs não substituem humanos, substituem atividades. As profissões não vão sumir, vão mudar", disse.

Antes da palestra magna de Martha Gabriel, Luana Wandecy, CEO do BlinDog, George Daniel, criador do @signosnordestinos, e Maria Rita, empreendedora social do Trilha Criativa, falaram sobre suas trajetórias profissionais.

Luana Wandecy explicou o processo de criação do seu produto, da sua startup e a experiência de participar do programa Shark Tank. Já George Daniel falou, com muito humor, sobre os desafios de empreender no meio digital através de um produto que exalta a cultura e as tradições do Nordeste. Maria Rita destacou o impacto que o Trilha Criativa tem nos estudantes que atende. "Sonhar em equipe é melhor", disse Maria Rita sobre a importância de trabalhar em equipe.

O “Fórum Profissional 4.0: Futuro do Trabalho” foi realizado pela TRIBUNA DO NORTE em parceria com o Sebrae, Universidade Potiguar (UnP) e Instituto Metrópole Digital (IMD). O evento contou com patrocínio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Riachuelo, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio Grande do Norte (Fecomércio-RN), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern), Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte e Governo do Estado.






Deixe seu comentário!

Comentários