Assalto a ônibus ocorreu na linha Parnamirim-São José

Publicação: 2014-08-17 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A paralisação decorrente do assassinato do motorista  Francisco Izaque de Farias, de 37 anos, fez o secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, general Eliéser Girão, convocar para esta semana uma reunião com representantes do sistema de segurança e de transporte, além de outros segmentos interessados. O objetivo é debater medidas para a melhoria do setor de transportes. Francisco Izaque de Farias, de 37 anos, foi assassinado em serviço durante assalto ao ônibus em que trabalhava, na linha 08 São José de Mipibu-Natal, da empresa Barros, na noite da última sexta-feira. Ele será sepultado hoje, no município de Santa Cruz.

O latrocínio — assalto seguido de morte — ocorreu às 19h na BR-101, próximo ao IFRN de Parnamirim. Francisco Izaque deixou a esposa e dois filhos, 15 e cinco anos de idade. O motorista trabalhava há apenas quatro meses na empresa, segundo a família, e sempre relatava os perigos da profissão. De acordo com a Polícia Civil, dois homens subiram no ônibus e anunciaram o assalto. Após recolherem dinheiro e objetos dos passageiros, ordenou que o motorista parasse em determinado ponto. Por não ter feito de imediato, ele foi baleado e morreu.

A dupla fugiu e, quando policiais da Delegacia Especializada em Homicídios de Natal (Dehom) chegaram ao local não  havia mais passageiros vítimas do assalto, segundo o delegado Emerson Valente, que estava de plantão na Especializada. As informações foram repassados por policiais militares que chegaram antes ao local do crime. Imagens das câmeras de segurança do veículo foram repassadas à Polícia Civil para ajudar nas investigações, mas de acordo com o delegado titular da Dehom-Natal, Franklin Albuquerque, não têm boa qualidade.



Atualizada às 15h12

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários