Cookie Consent
Natal
Assembleia vai avaliar indicativo de greve e decreto
Publicado: 00:00:00 - 07/06/2017 Atualizado: 23:43:05 - 06/06/2017
O SindSaúde-RN realiza às 9h desta quarta-feira (7), na sede do Sindicato dos Bancários do RN, assembleia para avaliar indicativo de greve e o decreto de calamidade na área de saúde publicado no Diário Oficial ontem. De acordo com o sindicato, os servidores com receio que o decreto impeça férias e licenças-prêmio como ocorreu em 2012.

A pauta da campanha salarial da categoria pleiteia reajuste de 32,06% e o fim do atraso no pagamento dos salários. Os servidores também cobram o cumprimento do acordo judicial da greve passada, quando o Governo do Estado se comprometeu em realizar concurso público e revisar a lei da Produtividade.

Leia Mais

“A assembleia já estava marcada”, assegurou Manoel Egídio Jr, coordenador geral do Sindsaúde-RN. O sindicalista lembrou que ainda não foi implantada a progressão (de nível salarial) dos servidores e que “o decreto não deixa claro se haverá impedimento de férias e licenças. Essas são reivindicações que mobiliza a categoria”.

Já o Conselho Regional de Medicina (Cremern) divulgou, no fim da tarde de ontem, nota elogiando a ação do Governo do RN em declarar estado de calamidade na saúde: “O decreto vem ao encontro dos anseios do plenário do Conselho, testemunha das dificuldades enfrentadas pelos médicos no exercício profissional. Esperamos que em breve as graves distorções sejam corrigidas e que a população seja melhor assistida. Parabenizamos a iniciativa e colocamo-nos a disposição para contribuir neste momento delicado e que exige união de esforços”, declarou Marcos Lima de Freitas, presidente da entidade.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte