Natal
Associação emite nota após atentado contra membros do MP-RN
Publicado: 09:29:00 - 25/03/2017 Atualizado: 09:32:58 - 25/03/2017
A Associação do Ministério Público do Rio Grande do Norte emitiu nota neste sábado, um dia após o atentado praticado por um servidor da instituição contra o procurador-geral de Justiça Rinaldo Reis, e que feriu o procurador-geral adjunto Jovino Pereira, além do promoror Wendell Beetoven Ribeiro Agra, crime praticado no final da manhã dessa sexta-feira (24). As polícias mantêm as buscas ao servidor cujo paradeiro é ignorado até a manhã deste sábado. Leia à íntegra da nota:

A ASSOCIAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - AMPERN, ainda consternada com os atos de extrema violência praticados no dia de hoje (24/03) na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, vem a público manifestar o seu repúdio ante a agressão praticada contra seus associados e contra a Instituição do Ministério Público e, ao mesmo tempo, se solidarizar com os Promotores de Justiça Jovino Pereira da Costa Sobrinho e Wendell Beetoven Ribeiro Agra, atingidos pelos disparos, e com o Procurador-Geral de Justiça Rinaldo Reis, provavelmente o alvo principal do ataque, que por uma providência divina não foi atingido.

Por outro lado, agradecemos todo o apoio recebido da sociedade em geral e, particularmente, dos operadores do SAMU e do Hospital Walfredo Gurgel, cujo zelo e qualificação de seus profissionais, foram essenciais para se evitar uma tragédia de dimensões ainda maiores, além do Secretário Municipal de Saúde, Dr. Luiz Roberto Fonseca, que participava de um evento na PGJ e prontamente prestou os primeiros socorros às vítimas.

Ressaltamos que à luz da dignidade da pessoa humana não há qualquer justificativa aceitável para as agressões perpetradas hoje, notadamente se decorrentes de mera divergência de ideias ou da discordância quanto a diretrizes administrativas.

Por outro lado, espera que o autor dos crimes seja preso o quanto antes, e punido com a seriedade devida, na forma da Lei, ao mesmo tempo em que pede o apoio da sociedade em geral para denunciar à Secretaria de Defesa Social e Segurança Pública (ligue 181) repassando qualquer dado que possa auxiliar na captura do autor de tais atos e, consequentemente, na aplicação da lei.

Orando a Deus pelo pronto restabelecimento dos associados Jovino Pereira da Costa Sobrinho e Wendell Beetoven Ribeiro Agra, além de igual restabelecimento do trauma psicológico quanto a outros membros e servidores, especialmente aqueles que presenciaram o triste acontecimento, desde já conclamamos a todos que fazem o Ministério Público para retomarmos as atividades da Instituição com a mesma garra, empenho e disposição de sempre, enfrentando com coragem a vida com todas as suas dimensões, lutando sempre por Justiça, paz e realização, com a maior eficiência possível, dos direitos da sociedade potiguar.

Natal/RN, em 24 de março de 2017.


FERNANDO BATISTA DE VASCONCELOS
Presidente da AMPERN


Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte