Atrapalhado

Publicação: 2021-03-06 00:00:00
Vicente Estevam (interino) 
jrvicente@tribunadonorte.com.br

Há muito não via uma expulsão provocar tantos danos a uma equipe. Na partida da última quinta-feira, o ABC teve o ala V. Lindemberg expulso por agressão. Se não bastasse o fato de jogar com um homem a menos, o Alvinegro teve que, por opção de Sílvio Criciúma, técnico, jogar quase 20 minutos da etapa inicial com o camisa 10 Marcos Antônio improvisado na ala. O resultado foi um time de “pelada”. O jogador realmente conhecia da posição, mas não está em forma para cumprir a tarefa. Além disso, o Alvinegro perdeu completamente o meio de campo e só se recuperou técnica e taticamente quando Criciúma fez as alterações necessárias no intervalo do jogo. A demora custou caro ao ABC que ficou no empate e terá que correr atrás do América, líder absoluto no Primeiro Turno do Campeonato Potiguar.

Esforço
O técnico do América, Evaristo Piza tem cobrado mais esforço e dedicação de alguns atletas nas partidas do América. Amanhã, quando recebe o ASSU, o time deverá jogar modificado, mais uma vez. Ao menos duas mudanças podem acontecer, ou até mesmo três. Piza quer que seus atletas tenham o famoso “sangue nos olhos”. Acredito que, na ausência da melhor técnica, ou quando as dificuldades táticas surgem, a força de vontade é capaz de equilibrar um pouco em situações emergenciais. No entanto, não dá para se garantir apenas nesta motivação. Os outros fatores precisam evoluir também.

Copa América
Ernesto Lucena, ministro dos Esportes da Colômbia, disse, nesta terça-feira, que considera inviável a realização da Copa América, competição que organizará juntamente com a Argentina em junho e julho, sem público por causa da pandemia de covid-19. Em entrevista a uma rádio colombiana, o político afirmou que "uma Copa América sem público não teria sentido" e que o governo colombiano estuda a criação de protocolos que possam garantir pelo menos 30% de torcedores nos jogos da competição que deveria ter sido disputada no ano passado. A Colômbia registra até o momento 2.255.260 de casos de covid, com 59.866 mortes. Apesar dos números, o ministro confia na realização do evento. "A Colômbia está pronta para receber a Copa América. E o mais importante é passar uma mensagem de que estamos trabalhando para termos condições de ter público nos jogos, que é uma preocupação da Conmebol", afirmou Lucena, referindo-se à Confederação Sul-Americana de Futebol. "Acreditamos que vamos poder ocupar 30% dos estádios, mas antes vamos falar com todas as autoridades. Evidentemente uma Copa América com zero público seria completamente inviável e, desta forma, seguimos trabalhando", disse o ministro.

Belo gesto
O Clube de Regatas Flamengo doa a medalha de campeão de 2019 para um leilão beneficente, que acontece até dia 08 de março. Os lances podem ser dados pelo site da Play For a Cause, uma plataforma de impacto social onde atletas, clubes e eventos esportivos podem oferecer itens ou experiências para os seus fãs. Através da venda, é gerado recurso para apoiar instituições selecionadas por todo país, fazendo com que a paixão pelo esporte se torne uma ferramenta social. Nesta ação com o Flamengo, a renda será revertida para a Aldeias Infantis SOS Brasil.

FIFA 21 FUT
O FIFA 21 Global Series PlayStation Country Tournaments de PlayStation 4 começa no dia 6 de março, às 17h, e as inscrições já estão abertas. Os melhores colocados no país ganharão créditos na PS Store. O 1º recebe US$ 1.500; o 2º, US$ 500; 3º e 4º colocados recebem US$ 200; do 5º ao 8º, US$ 100; e, por fim, do 9º ao 16º, US$ 50. O valor da premiação será convertido em real (R$) de acordo com a cotação do dia. Cada partida tem duração de 12 minutos (6 minutos cada tempo), com velocidade de jogo normal e, em caso de empate, a disputa irá para tempo extra e pênaltis. Cada confronto tem partidas de ida e volta, com diferença de gols, mais gols marcados e menos gols sofridos como critérios de desempate, respectivamente. O torneio regional dá vagas para a competição global, com jogadores de todo o mundo. O representante da América do Sul sairá da classificatória envolvendo três jogadores. Os dois primeiros são os vencedores de Brasil e Argentina; a última vaga será disputada por jogadores de Chile, Uruguai e Colômbia.

Suspenso
O torneio que reuniria os ex-alunos de diversas escolas de Natal foi adiado. O agravamento da situação da pandemia no Estado fez com que os organizadores da Liga Independente de Futebol de Ex-alunos (LIFE) deixasse a competição apenas para o meio do ano.

Crise
Após a crise do Potiguar, que culminou com a renúncia do presidente Benjamim Machado, agora é a vez do ASSU. Sem contar com uma parte da verba que possuía e que vinha da área pública, o time já disse que pode não ter condições de ir até o fim no Campeonato Estadual. Em um ano difícil como este, é de se esperar que boa parte dos pequenos clubes espalhados pelo Brasil à fora sofram com problemas semelhantes. Sem torcida, com os patrocinadores fugindo e com a máquina pública concentrando todos os esforços para combater o coronavírus, o cenário é complicado.








Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.