Atropelou

Publicação: 2018-01-26 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Marcos Lopes
lopesrn@hotmail.com

O ABC não teve nenhuma dificuldade em sapecar 7 a 0 no Baraúnas dentro do Nogueirão, mantém os 100% de aproveitamento, fez saldo de gols – até o fechamento da coluna era o líder – e chega portanto motivado para o clássico de sábado. Time de Ranielle Ribeiro naturalmente era o favorito para o confronto, mas nem o mais otimista dos alvinegros poderia esperar um massacre como o de quarta-feira.

Estranhou
Treinador do América disse estranhar o placar numérico aplicado pelo ABC em cima do Baraúnas. Leandro Campos, na semana do clássico criou um clima de animosidade desnecessário, quando afirmou com todas as letras: “ até me surpreende o resultado numérico, eu não assisti o jogo, não sei o que é que aconteceu. No jogo passado a equipe do Baraúnas fez um bom jogo, eles deram a vida praticamente para buscar um resultado contra a equipe do América, eles venderam a derrota muito caro então logico que isso me surpreende”.

Estranho seria o contrário
Penso que estranho seria se o Baraúnas tivesse aplicado 7 a 0 no ABC. Ai sim haveria motivos para estranheza e surpresas. O América fez 4 a 0 no Força e Luz e não teve nenhuma reação de espanto. O Globo ganhou do Baraúnas por 3 a 0, normal. O América teve dificuldades lá em Mossoró contra o Baraúnas. Nada de estranho. Experiente como é, Leandro Campos deveria saber que em semana de clássico, “pé de galinha dá sopa para uma semana”.

Que fase
Futebol de Mossoró está passando por um momento extremamente preocupante. O Baraúnas em três jogos sofreu onze gols e não marcou nenhum. O Potiguar não fica atrás. Fez 1 e levou 4, embora desde a chegada de Emanoel Sacramento, o Time Macho vem demonstrando capacidade de reação.

E o público ?
Pelos resultados da rodada de quarta-feira, pela diferença de apenas dois gols entre ABC e América, pelo quanto vale o clássico deste sábado na Arena das Dunas, tenho a expectativa de um público de no mínimo 10 mil torcedores. América x ABC tem tudo para ser um grande jogo. Os ingredientes estão postos.

Cascata
Tudo no time do América passa pelos pés de Cascata, que vem comandando com categoria a meia cancha rubra. Pelo que vi até aqui, falta ainda um atacante que passe confiança, um homem de referência que saiba fazer gols. Lopeu até aqui nada, Tadeu carrega o peso da desconfiança. Não fosse Cascata – Juninho Tardelli tem oscilado muito – o América não teria ninguém na meia.

ABC não tem
No time de Ranielle Ribeiro falta exatamente um meia “tipo” Cascata, que chame o jogo, que comande o setor. Quem é o meia/meia no ABC? Pensou? Pois é, não tem. Léo Ávila? Penso que não! Higor Leite vai ter que jogar no ABC tudo o que não jogou nos outros clubes para ser o cara.

Fifa admite VAR na Rússia
O árbitro assistente de vídeo ( VAR na sigla em inglês) será utilizado na Copa do Mundo pela primeira vez na Rússia, e negociações estão em andamento com possíveis patrocinadores para aparecer quando a tecnologia for utilizada.

No Brasil
Os árbitros foram auxiliados pela primeira vez por recursos tecnológicos na Copa do Mundo em 2014, no Brasil. Naquele evento, foi utilizada a tecnologia na linha do gol. Esse sistema enviava uma mensagem instantânea aos relógios dos árbitros quando a bola cruzava a linha do gol, que na minha opinião é mais do que suficiente e não atrapalha o andamento do jogo.

O VAR atrapalha sim
O uso das repetições de vídeos podem levar a paralisações maiores nos jogos da Copa do Mundo na Rússia, já que diferentes ângulos são revisados, o que é ruim, na minha opinião, para o desenvolvimento do futebol. As paralisações será boas do ponto de vista comercial para a FIFA, que vai poder utilizar o tempo extra para mostrar as marcas dos patrocinadores.

VAR é seletivo
Só pode se admitir o uso de tecnologia no futebol, se ela for acessível de forma igualitária para todas as competições oficiais, o que não é possível no Brasil. Nem falo de competições regionais como os estaduais. Vamos ficar apenas nas três principais séries do Brasileiro, A, B e C. Será possível a utilização do árbitro assistente de vídeo em todas as partidas? Não! Tem a questão do custo, da estrutura de alguns estádios. Vai se tornar um mecanismo seletivo e não vai beneficiar o futebol como um todo.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários