Autos e Motores
Audi e-Tron chega a Natal
Publicado: 00:00:00 - 10/10/2021 Atualizado: 15:17:55 - 09/10/2021
A Audi Center Natal acaba de receber o SUV e-TRON, equipado com 2 motores elétricos, de emissões neutras de CO2, capaz de produzir 300 kW, equivalente a 408 cv. Sua autonomia é de 436 kms (WLTP*. World Harmonised Ligth Vehicle Test Procedure).

Divulgação


A Audi do Brasil inicia um novo capítulo em sua consagrada história de 25 anos de presença em nosso País. O e-TRON chega à nossa cidade como o personagem principal da estratégia de sustentabilidade da Audi, cujo compromisso é ser neutra em carbono até o ano 2050.

O modelo está disponível na Audi  Center Natal, concessionária autorizada que possui a bandeira e-TRON. O SUV possui 4 anos de garantia e 8 anos nas baterias. 

"O e-TRON é um verdadeiro marco na história da Audi no mundo todo, pois é o 1o- veículo 100% elétrico da marca produzido em série e vendido em vários Países. Agora, chegou a vez do Brasil. É um carro inovador, gostoso, , esportivo e confortável. É o embaixador da nova fase do nosso lema evolução através da tecnologia", avalia Johannes Roschcck, CEO e Presidente da Audi do Brasil.

Divulgação
A traseira do e-TRON parece ter sido esculpida por designers altamente inspirados e de evado bom gosto

A traseira do e-TRON parece ter sido esculpida por designers altamente inspirados e de evado bom gosto


 Motores elétricos
O e-TRON, 1o- SUV 100% elétrico da marca, tem uma construção impactante. Montado sobre a plataforma MEB, tem 2 motores elétricos que combinam potência total de 408 cv com 664 Nm de torque (as forças são distribuídas em 165 KW de potência e 355 Nm no motor traseiro). Com  torque instantâneo, faz de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos. A velocidade máxima é de 200 km/hora. Uma nova geração da tração quattro, a tração elétrica nas 4 rodas garante excelência em aderência e dinâmica em qualquer tipo de terreno. O carro regula a distribuição ideal de torques de acionamento entre os dois eixos em uma fração de segundo. Na maioria dos casos, o SUV usa seu motor elétrico traseiro para obter mais eficiência. Se o motorista exigir mais energia, a tração elétrica nas 4 rodas redistribui o torque conforme necessário para o eixo dianteiro. Além disso, com o Audi Drive Select, é possível variar as características de direção entre 7 perfis: Auto, Comfort, Efficiency, Offroad, Dynamic, Allroad e Individual. No modo Dynamic, a tração privilegia a esportividade ao dar maior preferência de torque ao eixo traseiro, enquanto nos outros modos a distribuição é equilibrada entre ambos os eixos.

Baterias e recuperação 
O sistema de baterias de íons de lítio pesa 700 quilos e é composto por 36 módulos de alumínio, que deixam o centro de gravidade do e-TRON semelhante ao de um sedã. O veículo possui autonomia de 436 quilômetros, ideal para percorrer longos trajetos, e pode recarregar de diversas formas. Uma delas é por meio de redes externas. Basta plugá-lo em uma tomada, desde uma simples 110 volts até as de alta tensão, para iniciar a recarga, cujo tempo varia de acordo com a potência elétrica disponível. Em estações de recarga ultra rápida de 150 KW, por exemplo, é possível carregar até 80% da bateria em 30 minutos. Na maioria dos casos, as pessoas optam por carregá-lo à noite. Nesse caso, ele pode ser carregado com a potência máxima disponível, para evitar sobrecarga do sistema residencial. É possível definir as prioridades do cliente, como programar o horário de carga de acordo com o horário reduzido da energia. Além da recarga em redes externas, o SUV pode recuperar a energia de outras duas maneiras: simplesmente ao tirar o pé do acelerador ou quando o pedal de freio é acionado. Durante mais de 90% de todas as desacelerações, o e-TRON recupera a energia somente pelos  motores elétricos.

O motorista pode selecionar o grau de recuperação de energia em três níveis, utilizando as aletas localizadas atrás do volante, que lembram os tradicionais shift-paddles. No nível "ZERO", o Audi e-TRON não recupera a energia quando o motorista solta o pedal do acelerador. No nível 1, de desaceleração mínima, o nível 2, de alta desaceleração, os motores elétricos geram torque de freio regenerativo, fazendo com que o SUV elétrico reduza a velocidade notavelmente enquanto produz eletricidade, o motorista pode desacelerar e acelerar, usando apenas o pedal do acelerador, criando a sensação de pedal único. Em baixas velocidades, praticamente não há necessidade de usar o pedal do freio. Além de ajustar manualmente o nível de recuperação com as aletas do volante, o motorista também pode selecionar o modo automático na MMI. Assim, o modelo aproveita seu potencial máximo de recuperação  em combinação com o sistema de controle integrado de freios eletro-hidráulicos. A Audi é o primeiro fabricante do mundo a usar esse tipo de sistema em um veículo elétrico em série.

Divulgação
Internamente, o Audi e-TRON é um hino ao requinte e, acima de tudo, ao conforto

Internamente, o Audi e-TRON é um hino ao requinte e, acima de tudo, ao conforto


Retrovisores virtuais:  a aerodinâmica inteligentemente projetada também contribui muito na eficiência. Um dos destaques, os retrovisores externos virtuais, uma novidade mundial em modelos de produção em série. Quando equipado com essa tecnologia inovadora, o e-TRON alcança um coeficiente de arrasto de0,27, melhor resultado no segmento de SUV, aumentando muito sua eficiência e contribuindo para sua autonomia.

Os retrovisores virtuais reduzem o arrasto e levam a digitalização do veículo a um nível totalmente novo. O equipamento conta com uma câmera, na qual as imagens são processadas digitalmente e exibidas nos monitores internos laterais de 7 polegadas com tecnologia OLED de 1.280x800 pixeis, cujo brilho se ajusta automaticamente. 

Se o motorista move o dedo sobre a tela sensível ao toque, símbolos são ativados possibilitando mover a imagem e ajustar o ângulo desejado. 

A suspensão a ar é outro recurso importante. Ela se ajusta individualmente. Dependendo da velocidade e preferência do motorista, a altura da suspensão varia até 76 milímetros. Em viagens mais longas, uma altura mais baixa melhora a aerodinâmica e contribui para a autonomia. Direção eletrizante: a sensação de dirigir o e-TRON é de muita esportividade e excelente dinâmica, graças a posição baixa e central na qual o sistema de baterias é instalado.
O modelo oferece rigidez torcional 45% maior, excelente para a dirigibilidade.

A capacidade do porta-malas do modelo é de 600 litros e, com o banco traseiro rebatido aumenta para 1.725 litros.

O interior do modelo incorpora desempenho, inteligência e leveza. No visor superior o motorista controla informações, entretenimento, navegação e configurações.

Performance e a topo de linha Performance black. 

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte