Aumento dos custos

Publicação: 2019-10-05 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Luiz Antônio Felipe
laf@tribunadonorte.com.br

No segundo semestre os custos da indústria brasileira subiram 1,1%, constata a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Mas, essa alta é inferior ao reajuste dos preços dos produtos industrializados no mercado interno e ao aumento dos manufaturados nos Estados Unidos. Isso indica que as empresas ganharam competitividade no exterior e elevaram os lucros.  A pressão veio das altas nos gastos com pessoal, energia e bens intermediários.  Na comparação com o mesmo trimestre do ano passado, os custos industriais aumentaram 3,5%.

Cotações
O mercado continua em compasso de espera. Dólar, euro e o ouro tiveram quedas ontem. O preço do petróleo subiu levemente. O brasileiro poupou mais e a poupança teve captação líquida de R$ 8,725 bilhões, em setembro.

Empresas
A abertura de novas empresas bate recorde histórico em julho, revela a Serasa Experian. Foram mais de 281 mil novos empreendimentos; segmento de Serviços continua puxando a alta. No acumulado de janeiro a julho de 2019 foram 1,8 milhão de novas empresas – 21,3% a mais do que os primeiros sete meses do ano anterior. Quando comparado com junho/19, o crescimento foi de 19,3%.

Dívidas
O endividamento das famílias piorou e  cresceu pelo nono mês consecutivo. O  cartão de crédito, com juros exorbitantes, é apontado como o principal responsável pelas dívidas, revela a Confederação  Nacional do Comércio (CNC). O  endividamento subiu para 65,1% das famílias que relataram ter dívidas, contra 64,8% em agosto e 60,7% em setembro do ano passado.

Consumo
Mesmo com o endividamento, uma pesquisa da CNDL/SPC Brasil  diz que 73% dos consumidores planejam ir às compras no Dia das Crianças. A data deve movimentar R$ 10,3 bilhões no varejo nacional, com o gasto médio previsto com presentes  de R$ 199.

Mapa dos pequenos
 O Dia da Micro e Pequena Empresa, hoje 5 de outubro, vai mapear os principais desafios de gestão e elaborar soluções práticas. O Sebrae comemora a data com uma ação em diversos estados junto aos empresários de pequenos negócios. No Brasil, os pequenos negócios representam 99% do total de empresas privadas, ou seja, 14 milhões de empreendimentos. Esses negócios empregam 55% do total de trabalhadores com carteira assinada e são responsáveis por 27% do PIB. Os números mostram a força das micro e pequenas empresas para desenvolver  econômica e socialmente o país.

Aplicações
No Dia Nacional da MPE, o Banco do Nordeste comemora R$ 26,5 bilhões aplicados em dez anos. São mais de 667 mil operações na década, destinadas a contribuir com a dinamização da economia regional por meio da oferta de crédito a empreendedores.

Energia
Sinal de crescimento de um País, o consumo de energia elétrica cresce 2,5% em setembro. Aos poucos o Brasil vai revertendo os indicadores que antes estavam no negativo. A energia é um insumo que o Brasil  produz com restrição por conta da escassez hídrica.

Protocolo
Entrou em vigor no dia (02/10) o Protocolo de Madri, com a adesão ao tratado, os empresários podem registrar marca uma única vez nos mais de 120 países-membros.   No Brasil trazo diversas vantagens às empresas nacionais, com a simplificação no processo de obtenção de registro de marca  e redução de custos para os interessados. 

Logística (I)
O navio Monte Sarmiento, da Aliança, é o maior cargueiro a navegar pelo Rio Amazonas, fazendo  transporte recorde na região Norte. A embarcação, que tem capacidade para 5.500 TEUs, realizou sua primeira viagem neste trecho com destino a Manaus,  transportando cerca de 41 mil toneladas de carga, um recorde para a região. A cabotagem é uma alternativa ao pesado trânsito nas estradas brasileiras.

Logística (II)
A embarcação navegou cerca de 54 horas, entre Macapá (AP) e Manaus (AM), um marco importante para a empresa e para a região. Transportou 1.850 contêineres de carga doméstica para abastecer as indústrias da Zona Franca de Manaus. Dentre elas,  os principais produtos produzidos no País, como arroz, farinha de trigo, café, bebidas, cerâmica, papel, produtos farmacêuticos, produtos de limpeza, além de outros vindos da Ásia.

Gastronomia 
Uma boa opção gastronômica tem sido os espaços gastronômicos na CASACOR Rio Grande do Norte. Tem restaurante, bar e cafeteria, A mostra acontece no Aeroclube do RN e fica aberta das 16h às 22h, até 20 de outubro, exceto as segundas-feiras.  Nesta 5ª edição uma das  novidades é o abastecimento  com o gás natural canalizado distribuído pela Potigás.






continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários