Aumento em setembro

Publicação: 2011-06-29 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Aumento em setembro

O governo chegou a se mostrar disposto a adotar medidas para revogar os planos de cargos e salários que definiram aumentos de algumas categorias de servidores. O secretário-chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso Fernandes, concedeu uma entrevista à TRIBUNA DO NORTE, no dia 12 de junho, na qual apontava ilegalidades nos planos de cargos. Mas, ontem, o governo divulgou um texto no qual “acena com a possibilidade de implantação de reajustes a partir de setembro de 2011, quando a expectativa de receita do Estado tende a colocar a administração dentro dos limites permitidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal”.

Recomendação do parlamentar

O deputado José Dias (PMDB) afirmou ontem que o governo do Estado cometeria um erro político se tentasse revogar os aumentos salariais aprovados na administração passada. “Os servidores não iriam concordar e politicamente seria muito ruim para a administração estadual”, advertiu José Dias, em entrevista ao jornalista Oliveira Wanderley. Mas o deputado reconhece a dificuldade para cumprir imediatamente os planos aprovados pela Assembleia. “O que há é a possibilidade de uma renegociação para estabelecer um cronograma de cumprimento dos planos”, disse.

Negociação das dívidas O secretário de Agricultura, Betinho Rosado, marcou para a próxima sexta-feira uma nova reunião com representantes dos agronegócio potiguar. Os secretários Obery Rodrigues (Planejamento e Finanças) e Robinson Faria (Recursos Hídricos) também vão participar. Na ocasião, poderá ser definido um cronograma de pagamento das dívidas com os produtores de leite.

Revista pronta

O empresário Aluízio Alves Filho finalizou a edição da revista que lançará em agosto, em homenagem ao pai, Aluízio Alves, com mais de 40 depoimentos sobre o político, o jornalista e o empresário que mudou, com sua atuação nestas três áreas, a realidade do Rio Grande do Norte. Serão 12.000 exemplares a serem distribuídos com os assinantes da TRIBUNA DO NORTE e outros jornais que circulam em Natal. No dia 11 de agosto, serão também distribuídas 500 exemplares na Cidade da Esperança, onde haverá uma homenagem a Aluízio Alves, na data em que ele completaria 90 anos.

Embaixador da Bélgica

Em visita ao Rio Grande do Norte, o embaixador da Bélgica no Brasil, Claude Misson, tem feito vários contatos com representantes dos poderes públicos, instituições de ensino e veículos de comunicação. Ontem, Misson esteve com a reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva. O estabelecimento de intercâmbio com as universidades brasileiras é um dos interesses por parte do governo belga. Antes de se encontrar com a reitora, Claude Misson visitou a TRIBUNA DO NORTE (foto), onde foi recebido por diretores do jornal. Atualmente, cerca de 1.400 belgas estudam no Brasil. Misson pretender elevar esse número e também quer que mais brasileiros façam intercâmbio na Bélgica.

Mudança na fiscalização


A nova presidente da Comissão de Fiscalização da Urbana, Analúcia de Azevedo Silva, é  pós-graduada em metafísica e mestranda em políticas públicas na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Ela ficará na vaga que chegou a ser ocupada por Fúlvio Saulo Mafaldo de Sousa, nomeado para a função, no último sábado e substituído ontem, após publicação de reportagem da TRIBUNA DO NORTE com informações sobre o processo no qual ele é réu, acusado de improbidade administrativa.

Posse do procurador O novo presidente da Associação dos Procuradores do Estado do Rio Grande do Norte (Aspern), procurador Francisco Wilkie Rebouças Chagas Júnior, toma posse amanhã.

Cidadão potiguar O especialista carioca em gestão pública de recursos naturais e energia, Jean-Paul Prates recebeu o título de Cidadão Norte-Riograndense.

Demora na autorização O jornalista Paulo Tarcísio Cavalcanti continua internado na UTI do Hospital do Coração. Hoje ele deve se submeter a uma angioplastia. O problema é que a Unimed ainda não autorizou o procedimento. Se a autorização não sair ainda hoje, ele terá que arcar com o pagamento das despesas hospitalares que devem ser de aproximadamente R$ 40 mil.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários