Cookie Consent
Viver
Autor de 'A História da Ponte de Igapó' lança miniaturas de treliça idêntica e betoneira à vapor
Publicado: 17:59:00 - 04/07/2022 Atualizado: 18:07:37 - 04/07/2022
As treliças da antiga ponte de ferro de Igapó compõem a identidade e a beleza da estrutura metálica que o natalense conhece há muitas gerações. Maior conhecedor do assunto, o engenheiro, pesquisador e professor do IFRN, Manoel Fernandes de Negreiros Neto, autor da pesquisa “A História da Ponte de Igapó”, aproveita o momento do lançamento do seu livro para oferecer ao público uma pequena lembrança relacionada a esta que é considerada uma maiores construções natalenses da virada do Século XX. A publicação “A História da Ponte de Igapó” será lançada oficialmente dia 14 de julho, no Iate Clube de Natal, mas as peças colecionáveis já estão disponíveis para quem quiser adquirir.
Divulgação
A miniatura da Ponte de Igapó tem 61 centímetros de comprimento

A miniatura da Ponte de Igapó tem 61 centímetros de comprimento

São kits com miniatura de uma parte da ponte e de equipamentos que ele conhece muito bem, como a betoneira à vapor — na “biografia” da Ponte de Igapó, o concreto ganha um capítulo bastante curioso e elucidativo. Os kits, assim como o livro, estão em pré-venda e quem quiser adquirir deve entrar em contato com o autor, pelo site www.manoelnegreiros.com ou pelo whatsapp.

O primeiro kit é a treliça Pratt para montar, em escala 1/87 compatível com trens escala HO. Ponte em MDF, com 61 cm representando um vão de 50 metros. A treliça Pratt, o modelo adotado em 1912 na ponte velha de Igapó, impõe grande rigidez ao vão. Isso é notado após a montagem desse modelo. Na cor de madeira vemos os passadiços para pedestres em ambos os lados, uma batalha do senador Eloy de Souza. Acompanha Manual de Montagem na caixa.

Já o segundo kit é uma Betoneira a vapor de 1912 e uma barrica de cimento. Essa betoneira movida a vapor foi utilizada para se confeccionar o concreto utilizado nas fundações tipo Pneumatic well de 6,00 m de diâmetro, com 10/12 m de profundidades e nos retângulos em forma de double do que emergia do fundo do rio até a cota de apoio das treliças metálicas – conforme é demonstrado nos projetos no livro “A História da Ponte de Igapó”.
 
HISTÓRIA

Erguida graças ao sonho de um brasileiro e à tecnologia de engenharia e técnicos ingleses, a ponte de ferro começou a ser construída em 1912 e entregue em 1916, como modelo e bases rigorosas para manter-se durável até hoje. Entretanto, por um erro de avaliação acabou sendo desativada e vendida como ferro-velho no início da década de 70. O equívoco tirou do cotidiano natalense uma das mais bonitas estruturas a interligar a zona Norte ao Centro.
Divulgação
Betoneira à vapor de 1912 e barrica de cimento são outros colecionáveis

Betoneira à vapor de 1912 e barrica de cimento são outros colecionáveis

A obra editada pela Editora Appris reúne 25 anos de pesquisa do autor, busca de livros e documentos no exterior e até ida à sede da empresa Cleveland Bridge Company. Trata-se de uma investigação tão minuciosa que é considerada pelo autor como “quase arqueológica”. São 500 páginas recheadas de detalhes técnicos de engenharia civil centenária, fotos, plantas, cálculos, mapas, datas, fatos e episódios. Há lindos projetos originais e várias fotografias antigas, a maioria inéditas. A publicação foi organizada pelo autor em capítulos, alguns mais técnicos voltados para engenheiros, porém a maior parte é dedicada aos leitores em geral, que amam a História. “É um livro para quem gosta de História e mistérios”, adianta o autor, que foi a fundo em muitas questões elucidando alguns equívocos já divulgados por aí.
 
SOBRE O AUTOR

Manoel Fernandes de Negreiros Neto é engenheiro civil, mestre em estruturas e construção civil pela UFRN. Tem especialização em gestão de negócios pela UFRN e avaliações e perícias de engenharias pela FAL. Professor do IFRN - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Escritor.

SERVIÇO

Lançamento do livro “A História da Ponte de Igapó”, de Manoel Fernandes de Negreiros Neto”. Dia 14 de junho, das 17h às 22h, no Iate Clube de Natal.
500 páginas, Editora Appris
Preço: R$ 175,00 | 50 Kits de miniaturas
Contatos com o autor:  84 9982-1658
Acesse o blog www.manoelnegreiros.com

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte