Autuações crescem 494% em Natal

Publicação: 2014-12-30 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Anderson Santos
repórter

Este ano, desde que a Operação da Lei Seca foi intensificada em Natal, 3.181 condutores foram autuados por dirigir sob influência do álcool - um crescimento de 494,58% em relação ao ano de 2013 que registrou 535 autuações. Quanto ao período de registro das infrações em 2014, maior parte foi no período das férias escolares (janeiro), Carnaval (Fevereiro), e Copa do Mundo (junho). Já nas rodovias federais foram autuados 1.808 condutores, uma queda de 13,9% comparado com 2013 que registrou 2.110 autuações. Os dados foram divulgados pelo Detran-RN e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF/RN).
Magnus NascimentoEm 2014, maioria das infrações foram registradas no período das férias escolares (janeiro), Carnaval (Fevereiro), e Copa do Mundo (junho)Em 2014, maioria das infrações foram registradas no período das férias escolares (janeiro), Carnaval (Fevereiro), e Copa do Mundo (junho)

Segundo o coordenador da Operação Lei Seca, tenente Styvenson Valetim, apesar do aumento no número de autuações em 2014, esse percentual tem a tendência de diminuir, devido a maior conscientização das pessoas. “Houve redução no número de acidentes e as pessoas estão mais  conscientes. Elas estão usando mais taxi, estão levando amigos para ser o motorista da rodada. Nosso objetivo é reduzir esse valor de apreensões e mostrar que nosso trabalho esta dando certo”, disse o tenente Styvenson.

A maioria dos condutores autuados são homens e representam 82,14% (2.553), desses 21,94% foram enquadrados como crimes de acordo com o Art.306, que diz que  conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de grande concentração  álcool no sangue, resulta em detenção, de seis meses a três anos, multa e suspensão da carteira de motorista.  Já as mulheres representaram 17,86% (555) no número de autuações tanto pelo Art.306 quanto pelo Art.165, que prevê pena administrativa.

Os locais de autuações da Lei Seca se concentram em áreas com maiores concentrações de bares e boates, como a Avenida Engenheiro Roberto Freire que registrou 1.628 condutores autuados em 30 operações realizas em 2014.  Ao todo foram realizadas 65 operações da ‘Lei Seca’ em 2014 e foram abordados 33.957 condutores.

Nas rodovias federais houve uma redução no número de mortes este ano. Segundo o Chefe do Núcleo de Comunicação Social – PRF/RN, inspetor Roberto Cabral, até outubro houve uma queda nos números de acidentes e mortes se comparado ao ano passado. “Até outubro nós tivemos uma redução de 7,3% no número de acidentes, 4,2% feridos graves e a mais significante e positiva  foi no número de mortes que foi de 31,2%”, explicou.

Essa redução é atribuída ao aumento do policiamento e fiscalização nas principais rodovias federais do estado. Outro  aspecto é o combate a embriaguez no volante, excesso de velocidade  e ultrapassagens proibidas , que representam um terço das mortes registradas nas rodovias. Ainda, segundo o inspetor, outro motivo dessa redução é o aumento da fiscalização mais ostensiva aos veículos de duas rodas como motocicletas e motonetas.

Até 29 de dezembro foram registradas pela PRF/RN, 145 mortes devidos a acidentes, uma redução de 31,2% se comparado ao ano passado, onde foram registradas 208 mortes. As maiores causas são: a não utilização de cinto de segurança e a ultrapassagem proibida. “Uma coisa que estamos trabalhando muito é uso do cinto, pois muitas pessoas estão deixando de lado esse equipamento”, explicou  o inspetor. A intensificação da fiscalização nas rodovias federais levou a um aumento no número de multas, principalmente, por excesso de velocidade que cresceu 2167%. Em 2013 foram 231 multas e em 2014 já foram aplicadas 5.237 multas por esse tipo de infração.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários