Bacurim, a fábrica-pub da cerveja artesanal

Publicação: 2018-06-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A “loja da fábrica” é um conceito que cai ainda melhor quando o produto em questão é cerveja. A Cervejaria Bacurim, de Mossoró, experimenta seus ‘blends’ artesanais há quatro anos, e desde janeiro abriu um charmoso pub acoplado à fábrica, na capital do oeste potiguar. Um espaço em que comida e bebida podem ser harmonizadas numa combinação de vários sabores e ideias. Na Bacurim, onde se trabalha também se bebe. 

Loja da fábrica: Ambiente comercializa produtos próprios da Bacurim
Loja da fábrica: Ambiente comercializa produtos próprios da Bacurim

“Um pub que vende sua própria cerveja é uma tendência forte nesse mercado e achamos que tinha tudo a ver em Mossoró, onde há um público crescente interessado em cervejas especiais”, afirma Ciro Jales, um dos três sócios que comandam o negócio. O pub tem visual moderno e espaço para 150 pessoas. É dividido em três ambientes, com piso superior com palco e lounge, mais um deck externo com bar. No local tem ainda uma lojinha de produtos da marca, entre bonés e canecas.

Ciro também é cervejeiro, e quando elaborou os sabores da Bacurim pensou em atender a vários perfis de paladares. “A gente está numa região ainda incipiente em cerveja artesanal, então pensamos num produto que agradasse o iniciante e o iniciado, sendo mais leve em uns e mais encorpados em outros. Acho que conseguimos o equilíbrio”, diz. Eles também fizeram questão de incorporar ingredientes regionais na bebida, como maracujá, pimenta rosa, e erva cidreira. “Cada qual respeitando sua escola cervejeira, claro”, ressalta.

Marketing afetivo: Atores do Chuva de Bala viram modelos da cervejaria
Marketing afetivo: Atores do Chuva de Bala viram modelos da cervejaria

A Bacurim tem seis produtos de sua marca: a Aguaraíba, uma ‘american larger’, tem notas florais e ardência da aroeira, um dos frutos da caatinga; a escura Iguaúna é uma típica ‘black IPA’ que harmoniza sua força com o sabor marcante da erva cidreira; a Cabaú é uma ‘belgian dubbel’ que substitui o candy sugar europeu pela tradicional rapadura; a ‘american pale ale’ Maracá tem notas frutadas do saboroso maracujá; o Ibaté, que é uma ‘american blonde ale’, oferece refrescância vinda de cinco diferentes tipos de malte; e a Tremembé, uma ‘session IPA’ com paladar leve e baixo teor alcoólico.

Os petiscos do cardápio, segundo Ciro, também procuram sair um pouco do trivial dos barzinhos. Ele cita o torresmo, lombo de porco glaceado, cigarrete de provolone defumado, queijo com melaço de rapadura, entre outras iguarias que combinam bem com as cervejas da casa. Em menos de seis meses, o pub já conta com um perfil definido que varia entre os horários: no happy hour, um público madura dos 30 aos 50 anos, e à medida que a noite avança, vem um pessoal mais jovem. E para quem está longe do “país de Mossoró” e ainda não pode vir ao pub, a Bacurim tem cerca de 20 pontos de venda em Natal.

Com três ambientes, Cervejaria recebe o público em pub arrojado e espaçoso
Com três ambientes, Cervejaria recebe o público em pub arrojado e espaçoso

Serviço:
Cervejaria Bacurim. Rua Luizinha Falcão, Mossoró. Bar aberto de quarta a sábado, das 17 às 00h. E loja da fábrica abre diariamente, das 8 às 17h.  Tel.: 99951-9526.               


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários