Banco do Brasil pode adotar linha de crédito imobiliário atrelada ao IPCA

Publicação: 2019-08-23 16:39:00 | Comentários: 0
A+ A-
O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, disse que o banco pode seguir a Caixa Econômica Federal e adotar também a modalidade de crédito imobiliário atrelada ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O novo presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes
Presidente do BB, Rubem Novaes, disse que o banco pode anunciar mais mudanças na linha de crédito imobiliário

"A ideia é você dar o máximo de liberdade possível para o cliente. A decisão do Banco Central foi no sentido de criar mais uma opção para a clientela, acreditando inclusive que ao fazer o empréstimo com correção de um índice de preço seria mais fácil fazer um pacote e securitizar", disse.

Após o anúncio pela Caixa de uma nova linha de crédito imobiliário corrigida pelo IPCA, na última terça-feira, o BB também fez mudanças no financiamento à casa própria. A instituição anunciou novas linhas com taxas mais baixas para prazos de financiamento menores. A mudança é válida para as linhas do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e Carteira Hipotecária (CH).

Em nota, o banco explicou que as taxas de juros passam a considerar o prazo da operação escolhido pelo cliente, ou seja, quanto menor o prazo, menor será a taxa. A menor taxa de financiamento imobiliário no BB, destaca a instituição, passa a ser 7,99% ao ano.

O BB ainda não tem ideia da demanda pelo novo produto. A instituição deverá iniciar uma campanha publicitária para divulgar a linha na próxima semana, disse o vice-presidente de Distribuição de Varejo, Carlos Motta.

"Ainda é cedo para avaliar qual vai ser a reação do cliente (sobre o IPCA). Alguns alegam que podem ficar temerosos. O cliente no Brasil ainda tem aquela ideia mais de ver o que cabe no orçamento e em taxas prefixadas têm uma ideia melhor", disse Novaes em um evento palestra do presidente da Caixa, Pedro Guimarães, na Associação Comercial do Rio.

Estadão Conteúdo



continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários