Barcelona avalia contratação de jogador potiguar Gabriel Veron

Publicação: 2021-01-24 00:00:00
Uma das maiores promessas do futebol do Rio Grande do Norte, que brilha intensamente no Palmeiras e no futebol brasileiro, Gabriel Veron já é foco do futebol europeu e pode estar com um dos pés no Barcelona. De acordo com o diário espanhol Sport, o clube catalão está acompanhando de perto a carreira do jogador e já o considera um “diamante a ser lapidado”. O clube vai ter que tomar uma decisão em breve acerca da investida ou não no atleta potiguar  de 18 anos.  

Créditos: Cesar GrecoVeron já se tornou o atleta mais valioso do Brasileirão na temporada, de acordo com o site especializado TransfermarktVeron já se tornou o atleta mais valioso do Brasileirão na temporada, de acordo com o site especializado Transfermarkt

Em publicação desta semana, o jornal lembra que o Barça segue em ‘estado de hibernação’ por conta da eleição para presidente do clube, a qual vai acontecer neste domingo (24), mas reforça que, assim que assumir, o novo mandatário vai ter que pensar em um novo “projeto de reconstrução esportiva”, na 'aproximação com o futebol sul-americano' e também “se cabe ou não” uma ofensiva por Veron. 

O Sport também detalha que outros clubes do Velho Continente, como Manchester City e Manchester United, da Inglaterra, e Juventus, da Itália, também estão de olho e tentando acertar uma preferência pelo atacante. Assim, no momento, o Barcelona corre por fora e vai ter que ralar para fechar com o brasileiro, caso assim queira.  

Grande promessa, Gabriel Veron tem 18 anos e recentemente assinou um longo contrato (até o final de 2025) com o Palmeiras. Sua multa é de 60 milhões de euros (R$ 386,7 milhões, na cotação atual) e as expectativas em torno de sua transferência são por ao menos quebrar o recorde da venda de Gabriel Jesus ao City: 32 milhões de euros. 

Mais valorizado
Na temporada de 2020, Gabriel Veron Gabriel Veron somou 34 jogos, com oito gols marcados, quatro assistências e 439 passes certos, segundo dados do site oficial do Palmeiras. 

Em bom momento, Veron já se tornou o atleta mais valioso do Brasileirão na temporada, de acordo com o site especializado Transfermarkt. Atualmente, o jovem está avaliado em 25 milhões de euros (em torno de R$ 159,6 milhões, na cotação atual). Desde o início do ano, o palmeirense também foi o profissional que mais se valorizou no período, com crescimento de 257,1%, ainda segundo o Transfermarkt.

“Destaque’ é uma palavra que Veron adicionou ao seu vocabulário desde que se transferiu do Santa Cruz/RN para o clube paulista. Ainda na categoria de base, acumulou títulos pelo Palmeiras e pela Seleção, onde, em 2019, foi eleito melhor jogador do Mundial Sub-17, competição vencida pelo Brasil dentro de casa. Logo na estreia pelo profissional, desafio no Maracanã contra o Fluminense. 

Na segunda peleja, dois gols e uma assistência na goleada contra o Goiás. Em 2020 passou a ser mais utilizado por Luxemburgo e foi recolocado em campo após tempo afastado por lesão muscular. O desafio era contra o RB Bragantino, e o retorno não poderia ter sido melhor. Com um gol e uma assistência, o atacante foi determinante para a virada do Palmeiras sobre o Red Bull Bragantino, sobre o rival estadual em partida válida pelo Campeonato Brasileiro.

Veron é um exemplo claro de que os clubes potiguares necessitam olhar com mais carinho para região do Vale do Açu, região do Rio Grande do Norte que há muito vem revelando bons valores para o futebol local. Foi da cidade de Itajá, com uma população estimada em 5.500 habitantes que surgiram nomes como Gilson Lopes, Souza, Bebeto, Sinha e Zé Ivaldo, todos com grandes serviços prestados aos clubes da capital.

Internacionalização
O processo de internacionalização do nome de Gabriel Veron pode ser ainda mais rápido caso o Palmeiras vença o Santos, no próximo sábado, no Maracanã e o Alviverde seja campeão da Copa Libertadores da América. 

O título do Continente vai garantir a equipe brasileira no Mundial de Clubes, no Catar, já no próximo mês. Com isso, o craque palmeirense pode brilhar me nível mundial e ficar ainda mais próximo do Barcelona ou de outro grande clube do futebol europeu.

A Fifa definiu em sorteio na  última terça-feira que o campeão da Copa Libertadores terá como rival na estreia o vencedor do confronto entre Tigres, do México, e Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul. Os rivais têm algumas características em comum para conseguir surpreender o representante da América do Sul e chegar à decisão.

O representante asiático e o campeão das Américas Central e do Norte estão garantidos no Mundial desde dezembro, quando ganharam as respectivas competições continentais. As campanhas vitoriosas tiveram como estrelas dois centroavantes artilheiros desses torneios. Pelo lado do Tigres, o francês Gignac foi decisivo. 

Já pelo time sul-coreano, o destaque foi o brasileiro Junior Negão, que brilhou aqui no Rio Grande do Norte, quando jogava pelo ABC. O atacante nascido em Salvador marcou os gols da vitória de virada sobre o Persepolis, do Irã, pela final da Copa Asiática, e fechou 2020 com números bastante positivos. Em 41 jogos, foram 35 gols marcados. Em maio, ele teve a honra de ser até o primeiro autor de um gol depois do recomeço dos campeonatos no mundo após a parada causada pela pandemia. Em 9 de maio, ele marcou e na comemoração, exibiu na camisa um recado de "Força, Brasil".

O time da cidade de Monterrey, nordeste do país, é comandado por um brasileiro. O técnico Ricardo Ferretti, de 66 anos, vive desde a década 1970 no México e há mais de dez anos está no clube. Ferretti levou o time ao vice-campeonato da Libertadores de 2015 e agora conseguiu a inédita conquista da Liga dos Campeões da Concacaf. O elenco mescla jogadores com passagem pela seleção mexicana com sul-americanos e até um europeu.

O francês André-Pierre Gignac trocou o Olympique de Marselha pela equipe mexicana em 2015 graças aos investimentos dos donos do Tigre: a Universidade Autônoma de Nuevo León e a Cemex, multinacional fabricante de cimento. O jogador foi o artilheiro da Liga dos Campeões da Concacaf com seis gols, um deles na final contra o Los Angeles. Na atual temporada do Campeonato Mexicano ele anotou 14 vezes em 21 jogos.

A equipe mexicana conta com um brasileiro entre os titulares. O volante Rafael Carioca, ex-Atlético-MG, está no clube desde 2017 Na companhia dele, dois argentinos com passagem pela seleção: o goleiro Guzmán e o volante Pizarro. Assim como nas demais edições, o Tigre carrega a velha expectativa da torcida de que um dia as equipes mexicanas possam ir além do papel de mero figurante em Mundiais.