Bethe Correia ganha nova chance para buscar reação

Publicação: 2019-09-21 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Bethe Correia fala sobre seu novo desafio com naturalidade. Neste sábado, 21, a paraibana de Campina Grande sobe mais uma vez no octógono, desta vez na Cidade do México, para enfrentar a americana Sijara Eubenks, pelo peso-galo, e pôr fim ao mau momento - das últimas seis lutas, Correia venceu apenas uma. O card preliminar, do qual a luta faz parte, começa a partir das 18h (horário de Brasília).

Bethe Correia se diz bem preparada para realizar uma boa luta
Bethe Correia se diz bem preparada para realizar uma boa luta

No último dos revéses, em maio deste ano, no Rio de Janeiro, a lutadora não bateu o peso para o duelo contra Irene Aldana e foi multada com 30% da bolsa que recebera. A paraibana garantiu o episódio ficou pra trás. “Me preparei como sempre faço. Comecei no RJ, passei um tempo lá e fui ao México, me adaptando para as condições da luta, altitude e tudo mais. Mentalmente, segui a mesma preparação de outras lutas. Treinei muito, treinei todos os dias e tentei não pensar em nada. É deixar minha experiência falar mais”, afirmou em contato, por telefone, com a TRIBUNA DO NORTE.

A lutadora afirmou que a preparação para bater o peso da categoria (61,7 kg) na Cidade do México foi a mesma. “Não tive o que mudar, visto que isso [de não bater o peso] só aconteceu uma única vez. Naquele momento eu não tava muito bem com minha mente, comigo mesma, muita pressão. Isso tudo contribuiu para que eu não conseguisse estar legal para o dia de bater o peso. Mas isso ficou pra trás”, afirmou, garantindo que bateria o peso para a luta de hoje.

No UFC desde 2013, Bethe já disputou o cinturão dos galos em 2015, quando perdeu para Ronda Rousey por nocaute. De lá pra cá, perdeu de Raquel Pennington, da ex-campeã Holly Holm e de Irene Aldana, para quem não conseguiu bater o peso.  Agora, enfrenta a americana, Sijara Eubanks, de 34 anos, que defende um card de 4 vitórias e 3 derrotas. A última vitória de Correia foi em 2016, contra Jessica Eye, no UFC 203. “Estou confiante na minha preparação. Estou me sentindo bem melhor também, acho que isso conta muito, estou treinando bem, o peso está baixando bem, não estou tendo a dificuldade que tive na outra luta. Acho que vai dar tudo certo. ”, comentou, desta vez em entrevista ao Canal Combate.

A luta entre Correia e Eubenks será a segunda do card preliminar do UFC Cidade do México. A luta principal é entre Yair Rodriguez e Jermery Stephens, válida pela categoria peso-pena. A única brasileira no card principal é Vanessa Melo, que enfrentará Irene Aldana, último algoz de Correia no UFC.



continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários