Cookie Consent
Esportes
Bia Haddad cai na 2ª rodada e Bruno Soares vence na estreia em Roland Garros
Publicado: 18:27:00 - 25/05/2022 Atualizado: 18:28:44 - 25/05/2022
A brasileira Beatriz Haddad Maia foi eliminada da chave de simples de Roland Garros nesta quarta-feira. A tenista número 1 do Brasil e 48ª do mundo não resistiu à estoniana Kaia Kanepi e acabou sendo derrotada por 2 sets a 0, com duplo 6/4, em 1h27min de confronto, em Paris.
Tim Clayton/AELTC

Apesar da queda, Bia registra sua melhor campanha no Grand Slam francês. Até então, ela não havia conseguido superar a rodada de abertura, o que fez desta vez. Com o resultado, a brasileira deve obter novamente seu melhor ranking da carreira, alcançando possivelmente o 43º posto ao fim do torneio.

Bia ainda vai disputar a chave de duplas e também as duplas mistas, com Bruno Soares, em Paris. No feminino, ela vai formar parceria com a casaque Anna Danilina, com a qual foi vice-campeã do Aberto da Austrália, em janeiro, em seu melhor resultado num Grand Slam, seja em simples ou em duplas.

Diante da ex-número 15 do mundo, nesta quarta, a brasileira desperdiçou dois break points no início do primeiro set e não resistiu ao estilo mais agressivo da rival no terceiro game. Kanepi quebrou, abriu vantagem e encaminhou a vitória na primeira parcial.

O segundo set foi mais equilibrado. O duelo seguiu parelho até o placar registrar 3/3. No sétimo game, a estoniana obteve a quebra suficiente para abrir vantagem novamente e fechar o set e a partida. Na terceira rodada, Kanepi terá pela frente a americana Coco Gauff (18ª cabeça de chave), que avançou ao superar a belga Alison van Uytvanck por 6/1, 7/6 (7/4).

SOARES ESTREIA COM VITÓRIA

Mesmo perdendo quase toda a temporada de saibro na Europa, Bruno Soares fez uma estreia tranquila em Roland Garros. Nesta quarta-feira, ele e o escocês Jamie Murray atropelaram o experiente israelense Jonathan Erlich e o sul-africano Lloyd Harris por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2.

Cabeças de chave número 10 do Grand Slam francês, Soares e Murray não perderam o saque em nenhum momento da partida - salvaram o único break point que enfrentaram. E, esbanjando superioridade, a dupla do brasileiro fechou a partida em apenas 59 minutos, sem desperdiçar energia, visando as próximas rodadas O próximo confronto será contra os americanos Mackenzie McDonald e Tommy Paul.

Soares e Murray chegaram a Paris com apenas um torneio disputado sobre o saibro na temporada. A superfície não é a favorita deles, que costumam se destacar na quadra dura - os títulos de Grand Slam da parceria vieram no US Open e no Aberto da Austrália. Em Roland Garros, o melhor resultado do brasileiro foi o vice-campeonato, em 2020.

O único torneio preparatório de Soares e Murray para Roland Garros, neste ano, foi o Torneio de Genebra. Mas a dupla acabou sendo eliminada logo na estreia no saibro suíço, neste mês. Atual número 21 do mundo no ranking de duplas, o tenista brasileiro ainda busca seu primeiro título do ano. Ele soma agora sete vitórias e oito derrotas em 2022.

Estadão Conteúdo

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte