Blocos abrem fevereiro celebrando a diversidade

Publicação: 2020-01-31 00:00:00
A+ A-
Tádzio França
Repórter

Fevereiro começa neste fim de semana e a agenda vai fazer jus ao mês da folia: festividades pré-carnavalescas de destaque entrarão na avenida, fazendo a alegria de quem já está com os tamborins aquecidos para a data mais animada do ano. Neste sábado vai rolar a estreia dos aguardados Bloquíssimo e Segue o Baile, dois blocos/festas que separados e ao mesmo tempo juntos vão celebrar a diversidade e o respeito, tendo como atrações principais a drag star Pabllo Vittar e o cantor Mateus Carrilho (ex-Banda Uó), entre outros. Ainda terão agitos prévios com Orquestra Greiosa, banda Grafith, e Irahn Barreto. Bote o bloco na rua.

Créditos: ErnnacostPablo Vittar é uma das grandes atrações do Bloquíssimo e Segue o BailePablo Vittar é uma das grandes atrações do Bloquíssimo e Segue o Baile
Pablo Vittar é uma das grandes atrações do Bloquíssimo e Segue o Baile

O carnaval é uma festa colorida por natureza, mas algumas cores ainda não tinham brilho suficiente pra se destacar. Foi assim que surgiu o Bloquíssimo, um bloco que levanta a bandeira da diversidade com garbo e alegria.  “Foi uma necessidade mesmo. Nunca houve em Natal um bloco com essa identidade e postura, que levantasse a bandeira LGBT+. Eu quis idealizar um bloco com cara de manifestação cultural, com mulheres comandando o trio, drag natalenses, etc.”, diz Rafhael Carvalho, idealizador do projeto. O projeto tem recursos via Lei Djalma Maranhão.

O Bloquíssimo terá dois momentos: a partir das 16h30 fará um percurso aberto que vai sair do bar Casanova, na marginal da BR-101, com destino à Arena das Dunas, onde rolarão os shows com acesso pago.  Essa turma será puxada pela Bandíssima, um super grupo composto só por mulheres, que tocarão canções populares em ritmo de axé, funk, samba e rock. Luísa Nascim, Camila Masiso, Alice Carvalho, Analuh Soares e Blue&Red subirão no trio para uma participação especial.

No estádio, já transformado na “Arena Nosso Carnaval”, o Bloquíssimo apresentará os shows  da drag Kaya Conky, a banda Luisa e Os Alquimistas, o produtor e DJ carioca Omulu, e a aguardada Pabllo Vittar, a drag cantora brasileira mais popular do momento. La Vittar está com tudo: muitos shows de carnaval, uma turnê internacional em abril, e um disco novo (“111”) vindo por aí – e que já tem seus hits. Ela falou um pouco ao FDS sobre novidades e planos.

O Segue o Baile terá concentração às 16h, na marginal da BR no Arena das Dunas, aquecendo o público com muito axé a cargo de Robson Paiva. Dentro da Arena estarão distribuídos os palcos de cada bloco, com suas respectivas atrações nacionais e locais. O Segue o Baile terá como atração extra um “open gela” das 18h às 00h. Os foliões do bloco serão animados pelos grupos Som e Balanço, Orquestra Greiosa, e o cantor Mateus Carrilho. O cantor está em carreira solo desde 2018, quando foi decretado o fim da banda Uó. Seus novos hits já estão por aí, como “Inimigo do fim”, “Privê”, “Chega”, “Sonzeira”, entre outros.

Créditos: DivulgaçãoSegue o Baile terá Matheus CarrilhoSegue o Baile terá Matheus Carrilho
Segue o Baile terá Matheus Carrilho

Pabllo Vittar: “Cada um pode ser o que quiser no meu bloco“

Ano passado você teve uma maratona pesada de carnaval entre Salvador, Recife e São Paulo. O que preparou para a folia de 2020?
Ainda é surpresa e só estando lá para descobrir. Mas garanto que será uma festa muito animada. Vamos cantar, dançar e nos divertir. Amo o Carnaval!

Em show de carnaval você canta de tudo ou é focado no repertório próprio?
Eu canto as músicas do meu repertório e adiciono algumas outras músicas também.

Por que drag queen e carnaval é uma combinação que dá tão certo? Considera que um bloco LGBTQ é uma conquista?
Eu acho que carnaval é alegria...poder unificar tudo isso em um bloco é sensacional. É lindo saber que cada um pode ter liberdade de ser como é no meu bloco. Mas espero que essa seja a realidade também para qualquer lugar e época do ano.

"Parabéns" é uma colaboração com o Psirico. Já havia a intenção de torná-la um hit de carnaval?
Eu sempre penso em fazer música que tenha a ver comigo. Não penso nessa obrigação de fazer um hit, mas também quando acontece é maravilhoso. Além de “Parabéns”, “Amor De Que” também tem sido um estouro tão grande que lancei quinta um remix com Thiaguinho MT e JS.

A segunda parte do disco "111" está vindo por aí. O que os fãs podem esperar, em termo de colaborações, beats, surpresas...
Podem esperar lindas surpresas e um trabalho preparado com muito carinho para eles. Não vejo a hora de poder compartilhar com as pessoas...

Você fará uma grande turnê internacional em abril. Pode falar algo sobre? Quais as expectativas?
Estou ansiosa, sim. vou fazer turnês pela América do Norte e Europa, além de shows na América do Sul, na Oceania...Fico muito feliz em levar a nossa música para tantos lugares e nos principais festivais do mundo, como o Coachella.

Existe a possibilidade de parceria com algum artista aqui de Natal? Há vários influenciados por você...
Olha, é uma boa ideia, né? Minhas parcerias surgem muitas vezes de forma orgânica e podem acontecer com artistas de qualquer lugar.



Serviço:
Bloquíssimo e Segue o Baile. Sábado, a partir das 15h, na Arena das Dunas. Vendas: Ellus (Midway) e Casanova.