Bolsonaro afirma que está fora dos debates até dia 18

Publicação: 2018-10-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Rio de Janeiro (AE) - Por recomendação médica, o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, não vai participar de nenhum dos debates que estavam programados até o próximo dia 18, quando deverá passar por novos exames. Os médicos Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo e Leandro Echenique, do Hospital Albert Einstein, examinaram o candidato nesta quarta-feira, 10, no Rio, e disseram que ele ainda apresenta quadro de anemia e precisa recuperar massa muscular.

"Ele ainda tem anemia. Então, a liberação não é completa. Não pode fazer viagens, nem atividades mais prolongadas", disse Echenique.

Com a decisão dos médicos, Bolsonaro vai deixar de participar de, ao menos, quatro debates presidenciais contra seu adversário, Fernando Haddad (PT): o primeiro, organizado pela TV Bandeirantes, estava previsto para esta quinta-feira, 11; Estado/TV Gazeta, no domingo; Rede TV/IstoÉ, segunda, e SBT/Folha de S.Paulo, na quarta-feira.

Segundo Macedo, Bolsonaro deverá ter alta para atividades públicas de campanha só a partir da próxima quinta-feira. "Com certeza, ele terá condições na semana que vem", afirmou o médico

Ao ser informado sobre a decisão, Fernando Haddad disse que aceita ir "até uma enfermaria para debater". "Eu vou até a uma enfermaria, na boa, para fazer o debate", afirmou o candidato do PT.

Décimo terceiro
Na disputa com Fernando Haddad (PT) pelos votos do eleitorado de menor poder aquisitivo, a campanha do candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, incluiu a proposta de um 13.º salário para os beneficiários do Bolsa Família, principal programa de transferência de renda dos governos petistas.

Em vídeo divulgado por aliados do Nordeste, região que tem 6,9 milhões de famílias beneficiadas, Bolsonaro disse que o aumento de despesa será coberto por recursos que seriam gerados com a repressão a supostos benefícios irregulares. Ele não estimou valores. "Essa despesa vamos tirar da fraude no programa", disse. O médico cirurgião informou ainda que a recuperação, no momento, exige um "repouso relativo".





continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários