Cookie Consent
Política
Bolsonaro agora diz que não há corrupção endêmica no governo: Casos que 'pipocam'
Publicado: 17:32:00 - 29/06/2022 Atualizado: 17:32:21 - 29/06/2022
Após três anos e seis meses de reiterada defesa de que não há corrupção no Governo Federal, apesar de denúncias de irregularidades nos ministérios da Saúde e da Educação, o presidente Jair Bolsonaro adaptou o discurso e disse nesta quarta-feira (29) que não há corrupção "endêmica" no Executivo.

Tânia Rêgo/Agência Brasil
Mudança de discurso do presidente troca a negação total de corrupção no seu governo por um "pipoco" de casos

Mudança de discurso do presidente troca a negação total de corrupção no seu governo por um "pipoco" de casos


"São casos isolados que pipocam e a gente busca solução para isso", declarou Bolsonaro em evento da Comissão Nacional da Indústria (CNI). "A gente ataca a possível corrupção na origem, não interessa descobrir o corrupto, nós queremos evitar que apareça a figura do corrupto", acrescentou.

Na semana passada, o ex-ministro da Educação Milton Ribeiro foi preso por suspeitas de corrupção passiva e tráfico de influência dentro do gabinete paralelo montado na pasta.

Aplaudido de pé pelos empresários presentes ao chegar, Bolsonaro discursou no evento acompanhado pelo presidente da CNI, Robson Andrade. "Objetivo é conhecermos com mais detalhes o plano de vossa excelência para os próximos quatro anos", afirmou Andrade sobre o convite ao presidente.

Estadão Conteúdo

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte