Bolsonaro: Qual o ponto na fita que interfiro na PF? Moro deve estar revoltado

Publicação: 2020-05-22 21:00:00
A+ A-
O presidente Jair Bolsonaro afirmou há pouco, em entrevista à rádio Jovem Pan, que as "fitas estão aí, cada um interprete como entender", ao comentar o conteúdo da reunião ministerial de 22 de abril, liberado nesta sexta-feira, 22, pelo ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal (STF). "Qual o ponto na fita que interfiro na PF? Moro deve estar revoltado, não tem nada", afirmou.

Créditos: Dida Sampaio


Bolsonaro disse que sua posição era para que fosse divulgado trechos ligados ao inquérito. Ele afirmou que conhece os ministros e teve a liberdade de falar o que sente na reunião gravada.

Bolsonaro reafirmou que defendeu o armamento da população e que povo desarmado pode ser dobrado e não dar "grito de guerra". O presidente criticou o ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública Sérgio Moro por não ter se exposto sobre a questão do armamento. "Lamentavelmente, o sr. Sérgio Moro não se expôs (sobre armas), não entrava em campo", disse.




Estadão Conteúdo






Deixe seu comentário!

Comentários