Alex Medeiros
Bombando em Nova York
Publicado: 00:00:00 - 11/09/2021 Atualizado: 00:02:51 - 11/09/2021
Alex Medeiros 
alexmedeiros1959@gmail.com

Neste sábado 11 de setembro marcado pelos vinte anos da explosão de aviões nas torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, eu poderia publicar aqui – como muita gente está fazendo – como eu vi aquele episódio que ainda hoje provoca efeitos no mundo e, principalmente, nos EUA. Mas vou optar por falar de um evento que acontece hoje na Big Apple, também com efeitos por lá e pelo planeta, e que tem um potiguar como um dos grandes personagens.

Divulgação


Desde a última quarta-feira, as semanas de moda foram retomadas a partir do tradicional evento New York Fashion Week, que abriu o calendário internacional da moda e que prosseguirá com Milão, Londres, Paris... E dentro da extensa programação da NYFW, hoje acontece na Avenue B, em East Village (Manhattan), o Fashion Show com o lançamento da “New World Collection” (Coleção Nova Mundo), idealizada pela casa Geová Atelier NYC.

O conceituado endereço da moda no coração de Manhattan é comandado por um legítimo potiguar nascido na pequena cidade de Barcelona, cuja população é menor do que algumas aglomerações das esquinas famosas de Nova York.

Geová Rodrigues é o nome da fera, um estilista que despertou para os tecidos e cortes observando a mãe, Dona Tica, improvisando peças de roupas no que se pode chamar hoje de costura de subsistência, essencial como a agricultura. 

Bebendo na fonte materna, invadiu o espaço de glamour de Nova York em 1998 com uma coleção totalmente manufaturada a partir de elementos reutilizáveis, coisas descartadas em “dumpsters” que cobrem o lixo da cidade.

A ousadia criativa explodiu no meio da elegante Manhattan, a 7 mil quilômetros de distância da sua humilde Barcelona, lá na sua passarela atávica, ligada a ele por uma linha inacabável que ele usa hoje para cerzir sua carreira vitoriosa.

A mídia especializada o descobriu e seu estilo ganhou as manchetes das revistas de moda e das editorias fashions dos jornais; a Vogue praticamente o consagrou na primeira impressão. E a arte de Geová conquistou celebridades.

Ícones das passarelas do mundo, como Linda Evangelista e Gisele Bündchen vestiram suas criações, artistas das grandes “maisons”, como Armani, Gucci, Calvin Klein e Versace passaram a perceber sua existência e seu trabalho.

O potiguar é hoje uma referência na indústria da moda sustentável, uma tendência incorporada às políticas de preservação do planeta. Venceu onde poucos vencem, instalando seu famoso atelier em pleno bairro de East Village.

Quem gravar uma hora de movimento de pessoas nos bares e restaurantes requintados, nas boutiques e cafés da Avenue B, onde Geová tem seu atelier, verá uma população flutuante dez vezes maior que a população de Barcelona.

Neste sábado, em que Nova York rememora o 11 de setembro, com repercussão pelo mundo, o lançamento da coleção de Geová Rodrigues irá certamente atrair muito mais gente do que possa caber na sua cidade natal.

Ele diz que a liberdade é essência da sua arte, que reunir pessoas na rua é uma forma de promover empatia através da moda. E que sente gratidão por ter sido bem acolhido pela megalópole americana, um templo da Democracia. 

Hoje, sabendo-se exitoso outra vez, olhará para trás e com a cabeça centrada no presente compreenderá o que diz a mítica canção “New York, New York”, composta em 1944 pelo maestro Leonard Bernstein e eternizada por Sinatra:

“Nova York, Nova York / estes sapatos vagabundos / estão querendo passear / bem no seu centro / Nova York, Nova York / eu quero acordar na cidade que nunca dorme / e descobrir que sou o rei do pedaço / o topo desse amontoado”.
- Viva Geová Rodrigues!

Os analistas 
Depois que li quinta e ontem os sociólogos de WhatsApp e os historiadores de Twitter, em suas análises de pitaqueiro de sinuca, achei que Jair Bolsonaro estava pronto para descer a rampa do Planalto e se exilar no seu condomínio.

Pesquisa 
Ontem, parte da grande mídia amanheceu à beira de um ataque de nervos com a proibição de pesquisa eleitoral em véspera de pleito. Jornalistas dos grupos Folha e Globo passaram a manhã rosnando nas telas da TV e dos celulares.

Pesquisa II 
A proibição no novo código eleitoral é um tiro de sniper no esquema do DataFolha e do Jornal Nacional no processo eleitoral brasileiro. Por décadas, a divulgação das pesquisas influenciou na escolha de milhões de cidadãos.

Samba 
Não vai ter disputa na eleição da Sociedade dos Amigos do Beco da Lama e Adjacências. A única chapa inscrita na quinta-feira foi da gestão atual com a presidente Maria Gorete indo para um segundo mandato por aclamação.

Oposição 
Até que houve uma articulação para a formação de uma chapa tendo a atual vice, Patrícia Farias, como candidata a presidente, mas na undécima hora desistiram. Nem a guerrilha da BAMBA se mobilizou para tomar o poder.

Monumental 
A festa já estava pronta, para a seleção argentina erguer a Copa América diante da torcida. E aí foram duas festas, porque Messi deu um espetáculo com 3 gols e superou uma marca de 50 anos do rei Pelé. Tem 79 gols pela seleção.

TV e rádio 
Hoje: Crystal Palace x Tottenham, Arsenal x Norwich, Leicester x Manchester City, Manchester United x Newcastle, Chelsea x Aston Villa, Sevilla x Barcelona, Napoli x Juventus, Leipzig x Bayern, Sporting x Porto, América x Itabiana.







Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.







Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte