BoraVeranear mostra a exuberância de Pipa e Sibaúma

Publicação: 2020-01-17 00:00:00
A+ A-
As aventuras pelo litoral sul potiguar continuam no segundo episódio da websérie #BoraVeranear. Desta vez o casal Lucas Crispin e Caroline Corcelli resolveu conhecer melhor as belezas que ficam entre Sibaúma e Pipa, com suas praias, o encontro com os simpáticos golfinhos, e os passeios entre mar e terra. O local que já foi cenário de novela pode ser o passeio que estava faltando no fim de semana do veranista à procura de algo diferente na estação mais quente do ano.

Créditos: CedidaDe Pipa a Simbaúma por meio do mar para curtir a enseada dos golfinhos, um convite ao banho e a contemplação da paisagemDe Pipa a Simbaúma por meio do mar para curtir a enseada dos golfinhos, um convite ao banho e a contemplação da paisagem
De Pipa a Simbaúma por meio do mar para curtir a enseada dos golfinhos, um convite ao banho e a contemplação da paisagem

Sibaúma é uma pequena vila de origem quilombola, com uma das praias mais badaladas do município de Tibau do Sul. O local conta com piscinas naturais, falésias gigantes, banhos de rio e um climão tranquilo que costuma fazer a alegria de muita gente que aprecia um passeio mais sossegado. De Pipa a Sibaúma por beira mar são sete quilômetros de um passeio com bastante adrenalina por uma trilha que exige habilidade e cuidado, com diversão garantida e cenários cinematográficos.

Uma das grandes pedidas entre os turistas é o passeio até a chamada Baia dos Golfinhos. É um momento especial, já que esses mamíferos marinhos são considerados os verdadeiros anfitriões de Pipa. O passeio de lancha dura uma hora, com direito a visita por quatro praias de Pipa – incluindo a Praia do Madeiro e a dos golfinhos. Há uma parada para banho de 20 minutos, com colete salva-vidas para quem não sabe nadar.

É fácil os golfinhos darem o ar da graça durante os passeios. Com sorte é possível até fotografá-los durante alguns de seus saltos para fora da água. O barco pode se aproximar até três metros dos golfinhos e o visitante pode mergulhar. Os simpáticos peixes costumam ficar na Praia do Curral, também chamada de enseada dos golfinhos. A espécie encontrada nessa parte do litoral é a do boto cinza.

Créditos: CedidaSibaúma nasceu como pequena vila de origem quilombolaSibaúma nasceu como pequena vila de origem quilombola
Sibaúma nasceu como pequena vila de origem quilombola

Para quem deseja ficar perto da Baia dos Golfinhos uma dica é se hospedar no Hotel Sun Bay, que fica à beira do local. O hotel tem hospedagem regular e também 'day use', uma opção para quem deseja só passar um dia. Durante o passeio é possível fazer uma paradinha para comer na Curva do Vento, a pizzaria natalense que também faz sucesso na região pipense. Para quem deseja algo além das massas, pode recorrer às batatas com recheios diversos, como o de camarão.

Assim no mar, como na terra: quem curte velocidade, pode se aventurar num passeio de quadriciclo que vai de Pipa até Sibaúma. O roteiro inclui uma paradinha no chapadão, lugar especial e com uma vista privilegiada da Praia do Amor. Sibaúma apresenta a mesma formação geológica de Pipa, com falésias, campos cobertos por Mata Atlântica, e praias paradisíacas.

O encantamento faz parte de quem passeia por essa região. As praias têm águas mornas e claras, imensos coqueirais, piscinas e mirantes naturais, e as falésias cobertas pela mata nativa, dunas branquinhas e as enseadas com golfinhos e tartarugas. Em 2013 Sibaúma foi cenário da novela “Flor do Caribe”, que foi ao ar pela rede Globo e causou frisson na região. A brisa do mar é constante e as praias têm areia fina. Já o pessoal do surfe fica nos lajões.

O #BoraVeranear é  apresentado por O Boticário e  Natal Card, com oferecimento das prefeituras do Natal e Parnamirim, e Detran RN. Patrocínio da Caern, Cosern, Midway Mall, Cabo Telecom, Ster Bom, PittsBurg, M Copos, Moulemar Moda Praia, Canteena Camisetaria, Fortur Excursões, e Manoa Park. Um oferecimento prefeituras de Natal, Parnamirim e Mossoró, e Detran RN. 















Deixe seu comentário!

Comentários