Botafogo fica no empate e se mantém líder no grupo 1

Publicação: 2017-04-21 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Botafogo não conseguiu  os 100% de aproveitamento como visitante, mas manteve a invencibilidade na Libertadores ao empatar com o Barcelona do Equador no estádio Munumental de Guaiaquil, por 1 a 1. O resultado manteve os brasileiros na liderança do grupo 1, empatado em número de pontos ganhos com os equatorianos, mas levando vantagem nos critérios de desempate.

Camilo desperdiçou um pênalti, mas Botafogo conseguiu reagir
Camilo desperdiçou um pênalti, mas Botafogo conseguiu reagir

Na primeira etapa o Botafogo abusou de perder gols e deixou de largar na frente logo no primeiro minuto quando Roger sofreu pênalti, Camilo cobrou e o goleiro Banguera, que viria a se transformar num dos grandes nomes do Barcelona do Equador, defendeu, largou e no rebote, em chute de Pimpão, salvou de novo.

O Botafogo apesar de visitante, aproveitava a marcação frouxa do adversário e perdeu outra boas oportunidades. Na única bola em que conseguiu superar o goleiro adversário, o zagueiro Aimar impediu o gol  quase em cima da linha.

Os donos da casa foram mais efeitivos, deram o primeiro chute a gol aos 29 e dois minutos depois abriram o placar após  Alemán tabelar com Alvez, entrar na área driblar Gatito Fernandez e toxcar para o gol vazio.  O lance serviu como um grande castigo para o Alvinegro.

No segundo tempo, as oportunidades diminuiram, mas Sassá que entrou no lugar de Roger e perdeu excelente oportunidade, se redimiu ao marcar o gol de pênalti, muito bem cobrado, aos 42 minutos, deixando tudo igual em Guaiaquil.

Grêmio empata

Com time praticamente todo reserva, o Grêmio obteve um empate heroico com o Guaraní, por 1 a 1, ontem, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, em rodada do Grupo 8 da Copa Libertadores Jogando com um a menos durante quase todo o segundo tempo, a equipe gaúcha arrancou a igualdade, com belo gol de Pedro Rocha. E ainda quase conquistou a virada, nos minutos finais da partida. Michel deixou Grêmio com um a menos desde os 14 minutos da segunda etapa, ao levar o segundo cartão amarelo.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários