Botafogo vence Atlético Nacional e garante a classificação para segunda fase

Publicação: 2017-05-19 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Estádio Nilton Santos pulsando, torcida em peso, mosaico, fogos, escudão. A receita que mais funcionou para o Botafogo na Conmebol Libertadores deste ano. Com este ambiente, o time foi a campo ciente que precisava da vitória para se classificar.

Rodrigo Pimpão marcou o gol que deu a vitória e garantiu a classificação do Alvinegro
Rodrigo Pimpão marcou o gol que deu a vitória e garantiu a classificação do Alvinegro

Na blitz inicial, o Fogão quase abriu o placar. Pimpão fez ótimo lançamento, Camilo dominou para o lado e Roger, na saída do goleiro, finalizou na trace, aos 2 minutos. A primeira boa impressão para a torcida.

Porém, do outro lado, havia o Atlético Nacional, atual campeão da Libertadores, jogando a sobrevivência na competição. O time tinha posse de bola, troca de passes e infiltrações. Em um dos lances de perigo, Gatito abafou a primeira e Carli afastou.

O Botafogo chegou a mandar a bola para a redes duas vezes, uma com Rodrigo Lindoso e outra com Roger, mas havia impedimento do atacantes em ambas. O adversário passou a ser mais incisivo, ameaçando em chute de Ibarguen defendido por Gatito e finalização de Macnelly Torres para fora.

O jogo misturava tensão e emoção, sendo bem disputado. Até que, no segundo tempo, o Botafogo chegou ao seu gol! Rodrigo Lindoso recebeu na intermediária ofensiva, teve calma e consciência para dar ótimo passe para Rodrigo Pimpão marcar, aos 6! Botafogo 1 x 0 Atlético Nacional.

A torcida alvinegra, que já jogava junto, começou um show à parte empurrando o time, que quase ampliou aos 10, quando Pimpão foi travado na hora da conclusão. Aos 15, de novo ele, em forte chute de longe que Armani espalmou para escanteio.

Apesar de o Atlético Nacional ter a posse de bola e precisar do resultado, o Botafogo seguia com as melhores oportunidades. Aos 24, Victor Luis cobrou falta rasteira e Armani espalmou. Aos 31, no lance mais claro, contra-ataque três contra dois, Guilherme tocou para Pimpão, recebeu na cara do gol, ajeitou para a esquerda, mas Armani tirou de novo.

No fim, foi segurar o resultado até o último apito do árbitro e a explosão da torcida! Botafogo classificado para as oitavas de final da Conmebol Libertadores Bridgestone!

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários