Brasil castiga os chilenos

Publicação: 2017-10-11 00:06:00 | Comentários: 0
A+ A-
Com grande campanha, a Seleção Brasileira se despediu das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 ontem em grande estilo. No Allianz Parque, o time comandado por Tite venceu o Chile por 3 a 0, com gols de Paulinho e Gabriel Jesus (duas vezes). Na busca pelo hexacampeonato mundial, a Canarinho confirma a eficiência no trabalho que a garantiu na Rússia no ano que vem.

Brasil se despede das Eliminatórias da Copa de 2018, com vitória sobre o Chile
Seleção Brasileira, já classificada, se despede das Eliminatórias da Copa com vitória sobre o Chile

O Brasil encerra a competição isolado na liderança, com 41 pontos em 18 jogos. Além disso, terminou como o time que mais venceu (12 vezes), o que menos perdeu (apenas uma derrota), o de melhor ataque (40 gols a favor) e o que possui a melhor defesa (apenas 11 gols sofridos).

Pressionando a saída de bola, o Brasil deu trabalho ao Chile no primeiro tempo. A primeira boa chance foi aos seis minutos, quando Gabriel Jesus ficou com rebote e rolou para Renato Augusto finalizar perto do ângulo esquerdo do goleiro Claudio Bravo. Depois, aos 16, o camisa 9 entregou na medida para Neymar, que bateu de esquerda e viu o goleiro chileno defender com as pernas. Aos 30, o camisa 10 chegou perto novamente. Após dominar a bola na intermediária, Neymar soltou uma pancada de perna direita, que passou com perigo por cima do gol chileno. A Seleção seguiu dominando as ações e quase abriu o placar aos 38, quando Jesus apareceu nas costas da marcação e cabeceou em cima de Bravo.

No segundo tempo, o Brasil não mudou o ritmo da etapa inicial. Logo aos seis minutos, Neymar cobrou falta direto para o gol e viu Bravo fazer a defesa. Assim, não demorou para a Canarinho balançar as redes. Aos nove minutos, Daniel Alves cobrou falta de longe, Bravo defendeu e deu rebote. Em cima do lance, Paulinho não desperdiçou a oportunidade de pegar a sobra e fazer 1 a 0. Na sequência, após contra-ataque rápido, Philippe Coutinho lançou Neymar no ataque, que dominou e rolou par Gabriel Jesus completar: 2 a 0. A Seleção ainda teve outras boas chances de ampliar, como na cobrança de falta de Neymar, aos 23, que tirou tinta do travessão. Trocando passes e insistindo no ataque, o Brasil administrou o resultado positivo e ainda marcou mais um nos acréscimos. Aos 48, todo o time do Chile foi para a área para cobrança de escanteio e, na sequência, Willian ficou com o rebote e chutou para frente. Com Bravo em seu alcance, Gabriel Jesus avançou e marcou o terceiro para fechar a conta em São Paulo: 3 a 0. O Brasil se despediu das Eliminatórias com festa diante da torcida brasileira.

Amistosos

As Eliminatórias para a Copa do Mundo terminaram e o Brasil fechou sua participação em primeiro lugar com xx pontos, xx de diferença para o segundo colocado, e conquistou a classificação o Mundial com tranquilidade. Agora, o pensamento é de preparar para a competição mais importante do futebol, que começa em junho de 2018. Enfrentar grandes seleções faz parte do planejamento da comissão técnica da Seleção Brasileira.

Para isso, o Brasil já tem três compromissos agendados e você torcedor anote aí para acompanhar cada passo da Canarinho antes da Copa do Mundo. Em novembro, a Seleção fará dois amistosos. No dia 10, sexta-feira, o adversário será o Japão, na cidade de Lille, na França. Já no dia 14 de novembro, terça-feira, o Brasil encara a tradicional seleção da Inglaterra, no estádio de Wembley, em Londres.

A Seleção Brasileira terá ainda o encontro com a Alemanha. O esperado duelo acontecerá no dia 27 de março de 2018, dois meses antes da Copa do Mundo.

“Já fechamos amistosos com três seleções de alto nível, de escolas distintas e que tiveram bom desempenho nas eliminatórias. Os adversários foram debatidos dentro da comissão técnica e vistos como de grande potencial de preparação. Desde a nossa classificação antecipada, o Tite está buscando a consolidação da equipe visando o Mundial. Com esses adversários estamos dentro do que acreditamos ser o essencial para chegar à Rússia bem preparados “,  avaliou Edu Gaspar, coordenador de Seleções da CBF.

Ficha técnica
Brasil  (3): 
Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Alex Sandro; Casemiro; Philippe Coutinho (Firmino), Paulinho, Renato Augusto (Fernandinho) e Neymar (Willian); Gabriel Jesus. Técnico: Tite

Chile   (0): Bravo; Isla, Medel, Jara e Beausejour; Hernández, Aránguiz (Pulgar), Fuenzalida (Puch) e Valdivia; Vargas e Sánchez. Técnico: Juan Antonio Pizzi.

Gols - Paulinho/BRA (9/2ºT) e Gabriel Jesus/BRA (11’/2º T).
Árbitro - Roddy Zambrano (Equador).
Renda -
R$ 15.118.391,02.
Público
- 41.008 pagantes.
Local - Allianz Parque- (SP).


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários