Brasil crescerá menos

Publicação: 2017-10-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Luiz Antônio Felipe


Mais uma projeção ruim para a economia brasileira. O Fundo Monetário Internacional (FMI) - olha ele aí de novo - estima que o Brasil crescerá menos do que o resto da América Latina. Será o quarto pior. A riqueza que o País acumulará em 2017, ou seja, o seu Produto Interno Bruto (PIB) deve avançar apenas  0,7%, ante 1,2% do restante dos países da região.  Quase nenhum setor vai ajudar para o crescimento, com exceção do agronegócios. A indústria, que estava indicado crescimento, registra em agosto uma queda na produção, de 0,8% em relação a julho.  Já para o crescimento global, o FMI elevou as previsões para 3,6% em 2017 e 3,7% em 2018.

Devedor
Para piorar o quadro econômico, a dívida do governo pode superar 100% o PIB, já nos próximos três anos. As reformas são inadiáveis para estancar a sangria. Mas, nem tudo é notícia ruim. Os economistas estimam um rombo primário menor em 2017 e 2018, aponta relatório Prisma.

Indicador
O mercado de trabalho melhora em setembro. Pelo Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), da Fundação Getúlio Vargas, avançou 2,4 pontos em setembro, alcançando 100,6 pontos, o maior nível da série, iniciada em junho de 2008. Parte do bom resultado pode ser atribuído à base muito fraca de comparação após dois anos em que o país registrou números negativos de emprego. No ano, o indicador acumula ganho de 10,6 pontos.

Carteiras
A emissão de carteiras de trabalho em 2017, soma 3,4 milhões até agosto. O número supera em 8% as emissões registradas no mesmo período do ano passado. Em agosto, foram emitidas 445,2 mil carteiras de trabalho. O que falta agora é emprego para mais de 12 milhões de pessoas, para reverter essa situação de quase desespero para essas famílias.

Crédito
Os bancos seguram os juros nas alturas, já sem justificativa. Um estudo mostra que se a taxa de juro cair pode aumentar em R$ 15,6 bilhões a concessão de consignados em 2018.

Custo no orçamento
O preço do gás de cozinha já acumula mais de 40% de aumento, nos últimos meses. É muita pressão no orçamento das famílias e nas empresas que ainda utilizam o botijão de gás. Aos poucos a população vá buscar alternativas. A Potigás, por exemplo, fez a ligação de mais clientes em setembro, em sua rede de  distribuição do gás natural canalizado. No total, foram interligados à rede de gasodutos da empresa 512 novos usuários do comércio e residencial e industrial. Com o aumento, a Companhia passa a distribuir o produto para 19.192 clientes. Só no segmento residencial, foram 497 novos clientes.

Safra
O  IBGE prevê um recorde de 242 milhões toneladas em colheita de 2017. Já a Conab diz que a safra 2017/18 do Brasil deve cair com clima menos favorável. Mesmo assim a projeção é de novo recorde.

Na Festa do Boi 2017, em Parnamirim, hoje à noite tem o II Leilão Nelore Potiguar. Na pista de julgamento, pela manhã e à tarde, as raças Sindi e Gir, no olhar dos juizes. Julgamento também d e ovinos e caprinos, na pista da Ancoc. Também tem rodeio e shows. Na Arena do Pónei acontece hoje e amanhã, a XI Exposição Ranqueada do Cavalo Pônei.

O consumidor brasileiro mais animado para gastar no Dia das Crianças. A constatação é da pesquisa da Sondagem do Consumidor, elaborada pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV IBRE), que ouviu 1.830 mil pessoas em setembro. Brinquedos e roupas ficaram mais baratos e lideram a preferência. A média de intenção de gasto ficou em R$ 82,50 este ano, contra R$ 78,60 em 2016.

A diferença de preço dos brinquedos chega a 200%, diz a Proteste, uma associação de consumidores. Pesquisa com 280 presentes em 45 lojas mostra que o consumidor pode sair ganhando se fizer pesquisa. A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, tem uma expectativa de que a data movimente R$ 7,4 bilhões, 3,4% a mais do que em 2016 o que representará o melhor dos últimos quatro anos.

RECURSOS As captações de empresas brasileiras no mercado de capitais avançam 32% até setembro. Em nove meses, foram realizadas 428 operações, entre emissões de ações, bonds, debêntures, notas promissórias e instrumentos de securitização. Ao todo, as companhias captaram R$ 176,3 bilhões no mercado de capitais entre janeiro e setembro de 2017, de acordo com a ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais).

Talento
O Cartão BNDES financiará empresas no programa Inova Talentos do IEL, do Sistema CNI. O apoio do Cartão permitirá às empresas dar continuidade a projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação. O cartão pode ser usado por micro, pequenas e médias empresas para financiar a compra de produtos e serviços com limite de até R$ 2 milhões.

Tráfego
O Índice ABCR aumenta 2,2% em setembro, na comparação com agosto, nas rodovias concessionadas. O fluxo pedagiado de veículos leves subiu 3,3%, enquanto o de pesados também apresentou alta: 0,7%. É o terceiro registro positivo nessa aferição trimestral. A melhora do ambiente macroeconômico em curso deve sustentar a trajetória de ganhos do índice total ao longo do último trimestre.

Concurso
Termina hoje, às 14h, o prazo para inscrição no concurso público para provimento de cargos de técnico judiciário (área administrativa) e analista judiciário (área judiciário) do TRT RN (21ª Região). Para o cargo de analista, cujo salário inicial é de R$ 10.461,90. Para concorrer o cargo de técnico, o salário é de R$ 6.376,41.

Ocupação
O Congresso Brasileiro de Angiologia e Cirurgia Vascular recebe mais de duas mil pessoas em Natal, ocupando boa parte da rede hoteleira e reforçando com o feriado prolongado. O Congresso vai até sexta-feira. Na programação serão 381 sessões, 200 palestrantes, entre nacionais e internacionais, além de 64 expositores.



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários