Brasil cria várias oportunidades, mas vai pro intervalo vencendo Jamaica apenas por 1x0

Publicação: 2019-06-09 11:20:00 | Comentários: 0
A+ A-
Brasil desceu para o vestiário com a sensação que poderia ter obtido um placar mais elástico contra a Jamaica, na estreia da Copa do Mundo de Futebol Feminino. Com o gol solitário da artilheira Cristiane, a seleção perdeu outras boas chances, entre elas uma penalidade máxima desperdiçada pela atacante Andressa Alves, destaque técnico da primeira etapa. O duelo está sendo disputado em Grenoble, na França.

Cristiane
Em sua quinta participação de Copa do Mundo, Cristiane vai garantindo a vitória parcial do Brasil na estreia contra a Jamaica

O jogo
Mesmo sem Marta, o Brasil optou por ir pra cima das jamaicanas desde o primeiro instante. Até os cinco minutos, foram pelo menos três chegadas com certo perigo. Com velocidade de suas três atacantes, a Jamaica apostava no contra-ataque e em oportunidades isoladas preocupava o sistema defensivo da Seleção.

Aos 10 minutos, a primeira grande chegada. Andressa Alves mandou uma excelente bola enfiada para a atacante Debinha, que tentou driblar a goleira jamaicana, que acabou sendo mais ágil. Aos 13, saiu o gol. Cristiane cabeceou no canto direito e marcou o seu primeiro gol em sua quinta edição de Copa do Mundo. 

Apesar de estar atrás do placar, a Jamaica continuou apostando nos contra-ataques, o que chamou a seleção brasileira ainda mais para o ataque. Aos 25, após novo lançamento de Andressa Alves, Debinha carregou a bola e chutou com força para mais uma defesa da goleira Schneider. Aos 27, após saída rápida, Carter chutou forte para fora em uma rara descida da seleção caribenha. A melhor chance da primeira etapa das camaronesas aconteceu aos 30 minutos. A centroavante Shaw recebeu de costas, fez o giro e chutou de fora da área para excelente defesa da goleira Bárbara. 

Com a queda de ritmo, o jogo tornou-se mais cadenciado e numa rara descida veloz quase sai o segundo gol. Após cruzamento da direita, a bola pegou na mão da zagueira Plummer e o pênalti foi marcado. Na cobrança, Andressa Alves bateu no canto direito, rasteiro, para boa defesa da goleira Schneider, nome da Jamaica até aqui. 

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários