Brasil em Davos

Publicação: 2020-01-21 00:00:00
A+ A-
Luiz Antônio Felipe
laf@tribunadonorte.com.br

O ministro da Economia, Paulo Guedes, representa o Brasil no Fórum Econômico de Davos, na Suiça. O Brasil terá presença modesta no encontro que começou ontem. A delegação brasileira, liderada pelo ministro, tentará fazer um balanço positivo do primeiro ano e buscar investidores. Mais de 750 especialistas e tomadores de decisão globais foram convidados, em um relatório da organização, a classificar suas maiores preocupações em relação a probabilidade e impacto e 78% disseram esperar que "confrontos econômicos" e "polarização política doméstica" aumentem em 2020. 

Preocupação
O tema em Davos é o meio ambiente. O planeta em chamas: “Incêndios climáticos e guerra política das "Chamas".  O relatório adverte que a turbulência geopolítica e a retirada do multilateralismo ameaçam a capacidade de todos de enfrentar riscos globais críticos e compartilhados.

Projeção
O mercado eleva a projeção de expansão do PIB neste ano para 2,31%, traz o boletim Focus, do Banco Central. Para a inflação, expectativa é de uma taxa de 3,56% em 2020.   A estimativa da inflação 2020 cai de 3,58% para 3,56%. De acordo com o relatório Focus, a projeção dos economistas para a inflação está abaixo do centro da meta de 2020, que é de 4%.

Encargos
O presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães,  quer os juros mais baixos. A Caixa já havia reduzido a taxa do cheque especial de 4,99% ao mês para 4,95% para clientes que recebem seus salários no banco. Para viabilizar a redução da taxa para o patamar de 2% no cheque especial, ele aposta na ampliação da carteira de clientes e na redução da inadimplência.

Acumulação
Os bilionários são mais ricos do que 60% da população mundial, diz a ONG Oxfam. Em 2019, os 2.153 bilionários que existiam no mundo tinham mais dinheiro do que 60% da população do planeta. O relatório destaca a concentração da riqueza em detrimento, sobretudo das mulheres, primeiras vítimas da desigualdade.

FMI vê crescimento
Com a aprovação da reforma da Previdência Social, o Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou a sua perspectiva de crescimento do Brasil em 2020, e assim, ajuda a conter a pressão negativa de México e Chile sobre a projeção  para a América Latina.  No seu relatório “Perspectiva Econômica Global”, o FMI passou a ver um crescimento de 2,2% do Brasil neste ano, 0,2 ponto percentual a mais do que no relatório de outubro.

Recorde
A Associaçao Comercial de São Paulo vai registrar sexta-feira (24), o  recorde de R$ 200 bilhões, em seu impostômetro.  Um dia a menos do que em 2019.

Chuvas
As boas chuvas da sexta-feira garantiram um aumento visível no volume d'agua em vários açudes e barragens. A previsão para esta semana é de chuvas em volumes menores no Rio Grande do Norte. A ausência de veranicos (intervalos sem chuvas), é animadora para os produtores rurais potiguares.

Frutas
A inspeção dos chineses nas fazendas produtoras de melão no RN e no Ceará foi considerada positiva. Os técnicos da Administração Geral de Aduana da China (GACC, órgão de sanidade vegetal e animal) inspecionaram as fazendas produtoras de melão e visitaram as estruturas de embalo para exportação (packing houses) e laboratórios. Segundo técnicos que acompanharam as inspeções, os chineses demonstraram satisfação com as visitas. O foco é a área livre da mosca-da-fruta.

Inovações
O Banco do Nordeste lança um edital destinando R$ 6 milhões para inovações em atividades produtivas. São aquelas  atividades desenvolvidas nos territórios atendidos pelo Plano AgroNordeste e Prodeter Banco do Nordeste. As inscrições do  estarão abertas até 7 de fevereiro. O Banco concede recursos não reembolsáveis para apoio a iniciativas de difusão e transferência de tecnologias em atividades produtivas.

Vagas
A Stone, fintech de serviços financeiros, tem novas oportunidades de emprego abertas em Natal e Mossoró. As novas contratações visam acompanhar o ritmo de crescimento da companhia, que em 2018 duplicou sua carteira de clientes. As vagas - para o time comercial - contam com salário a partir de R$ 3.254,00 (fixo + variável), relacionado ao cumprimento de metas.




Deixe seu comentário!

Comentários