Brasil se mantém vivo na luta para ir a final

Publicação: 2018-10-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Nagoya (AE) - A seleção brasileira feminina de vôlei manteve sua expectativa de conquistar o inédito título do Campeonato Mundial ao derrotar a Holanda, nesta quarta-feira, por 3 sets a 2, com parciais de 23/25, 25/18, 25/27, 25/19 e 15/7, em 2h15min, em Nagoya, no Japão.

A vitória contra as holandesas ocorreu na base da superação
A vitória contra as holandesas ocorreu na base da superação

O jogo foi válido pela penúltima rodada da segunda fase. O time do técnico José Roberto Guimarães decide com as japonesas, nesta quinta-feira, às 7h20 (de Brasília), a última vaga do Grupo E para a terceira fase. E o Brasil será obrigado a vencer por 3 sets a 0 a seleção da casa, que em outro confronto desta quarta superou a líder Sérvia por 3 sets a 1, de virada, para assumir a vice-liderança.

A equipe do técnico José Roberto Guimarães é a quarta colocada, com 18 pontos, no Grupo E, atrás de sérvias, japonesas e holandesas, todas com 21 pontos. Só as sérvias já estão classificadas. Além de Brasil x Japão, a última rodada reserva o duelo entre Sérvia e Holanda. A decisão da vaga pode acontecer na média de sets ou na média de pontos.

Para avançar, o Brasil precisa superar o Japão em sets diretos. Assim, empataria com o rival em pontuação e também na média de sets. O desempate, portanto, ficaria para a média de pontos, que no momento é favorável às brasileiras.

No confronto de ontem, o grande destaque do Brasil e do jogo foi a oposta Tandara, com 28 pontos. A ponteira Gabi conseguiu 13. Do lado da Holanda, Lonneke Slöetjes anotou 25. O ataque brasileiro marcou 56 pontos, enquanto o bloqueio foi responsável por outros 16.

"Hoje (quarta-feira) veio uma vitória que precisávamos na competição. Isso mostra a força desse grupo e o quanto estamos entregues na busca pelos nossos objetivos. Amanhã (hoje) teremos uma partida ainda mais importante e sabemos que será uma outra pedreira. Vamos ter que estar bem preparadas", afirmou Tandara.




continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários