Câmara adota restrições de circulação

Publicação: 2020-03-14 00:00:00
A Câmara Municipal (CMN) decidiu, através da sua Mesa Diretora, aplicar medidas referentes ao protocolo de saúde que visa prevenir a infecção e propagação do COVID-19, novo coronavírus, no âmbito da Casa e preservar a saúde dos servidores, visitantes e parlamentares.

Créditos: Elpidio JúniorNa Câmara, acesso estará restrito aos vereadores, servidores, prestadores de serviço e terceirizadosNa Câmara, acesso estará restrito aos vereadores, servidores, prestadores de serviço e terceirizados


saiba mais

Segundo a Mesa da CMN, a  medida ocorreu devido à confirmação por parte da Secretaria Estadual da Saúde Pública (Sesap) do primeiro caso da doença no Rio Grande do Norte, “mais precisamente na cidade do Natal, e ao aumento de casos da doença no país”.

Para isso, segundo a Mesa, o acesso ao Palácio Padre Miguelinho estará restrito apenas aos vereadores, servidores, prestadores de serviço e terceirizados, bem como profissionais de comunicação e imprensa, salvo situações excepcionais  autorizadas previamente pela Mesa Diretora.

Entre as medidas adotadas pelo Legislativo natalense estão a suspensão, por tempo indeterminado, da realização de audiências públicas, sessões solenes, reuniões de frentes parlamentares e qualquer homenagem e eventos coletivos nas dependências da Casa.

A CMN mantém apenas as sessões ordinárias e reuniões de Comissões, com acesso limitado ao público já citado anteriormente.