Cabo é vendida a grupo americano

Publicação: 2014-12-23 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Ricardo Araújo
Repórter

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou ontem, através de uma anuência prévia, a aquisição da maior empresa de telecomunicações do Rio Grande do Norte, a Cabo Telecom Ltda., pelo fundo de investimentos norte-americano Acom, representado pela Alaof Brasil Mídia Holdings 1 S.A.. O valor acionário da Cabo Telecom foi integralmente vendido numa negociação que superou os R$ 200 milhões, segundo uma fonte da TRIBUNA DO NORTE ligada ao processo. A Cabo Telecom passará a ser dirigida pelos novos donos a partir de 28 de fevereiro de 2015.
Júnior SantosCabo Telecom em Natal: 80 mil clientes de internet , 47 mil em TV e 40 mil na área de telefoniaCabo Telecom em Natal: 80 mil clientes de internet , 47 mil em TV e 40 mil na área de telefonia

A aquisição da empresa genuinamente potiguar ocorreu após dois anos de reuniões e avaliações de viabilidade econômica quase secretas. Apesar de não confirmar o valor final do negócio, o gerente geral da Cabo Telecom, Cláudio Alvarez, detalhou que as reuniões ocorriam sempre em São Paulo, com os representantes do fundo de investimentos norte-americano e  sócio-diretores da Cabo. Um dos sócios, o empresário Fernando Bezerra, foi procurado ao fim da tarde de ontem para comentar a venda do empreendimento. Ele afirmou que “não estava sabendo de nada”, quando questionado sobre a publicação da  ata do Conselho Diretor da Anatel, mas confirmou que a conversa com os americanos existia há mais de um ano. 

Segundo Cláudio Alvarez,  apesar de todos os atuais donos saírem a partir da assunção  da nova diretoria, em fevereiro que vem, nenhuma mudança significativa em relação ao operacional da empresa deverá ocorrer num curto intervalo de tempo. Os cargos de direção e o perfil dos pacotes de internet, telefonia ou televisão vendidos pela Cabo permanecerão os mesmos. “Os clientes podem ficar tranquilos, pois as mudanças serão para melhor, com mais investimentos e aumento da velocidade, por exemplo, a partir do segundo semestre de 2015. É uma nova empresa de telefonia, internet e televisão digital que surge no Nordeste”, assegurou.

Conforme informações extraídas do Processo nº 53500.007394/2014, em tramitação na Anatel, a documentação requisitando a anuência prévia para a aquisição da empresa potiguar ocorreu em 04 de abril deste ano. O conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro assumiu a relatoria e, após oito meses, tendo passado pela Gerência de Acompanhamento Societário e da Ordem Econômica (CPOE) e Secretaria do Conselho Diretor (CSD),  o pedido foi deferido.

Negócio
A Acom assumirá a gestão da Cabo Telecom com uma cartela de clientes que supera os 80 mil para os serviços de internet; outros 47 mil assinantes de pacotes de canais de televisão fechados e mais 40 mil na área de telefonia. Atualmente, a empresa atua em Natal e Parnamirim. A Cabo Telecom é, segundo Cláudio Alvarez, a primeira empresa brasileira adquirida pelo fundo de investimento norte-americano Acom. O gerente geral acredita que a qualidade dos serviços prestados pela Cabo, os resultados das recentes pesquisas de satisfação e a cartela de clientes consolidada, despertaram o interesse dos empresários estadunidenses.

Desde 2012, algumas mudanças ocorreram na empresa que a levaram, inclusive, a ser escolhida a melhor do país em quesito qualidade, conforme pesquisa da Anatel divulgada em agosto passado. No Brasil, a Acom  também negocia empresas de telecomunicações no Ceará, Paraná e no interior de São Paulo. Segundo uma fonte ouvida pela TRIBUNA DO NORTE, que acompanhou as negociações, a Acom deverá investir, ao longo de 2014, aproximadamente R$ 30 milhões para a melhoria dos serviços prestados pela Cabo e expansão do cabeamento pelas zonas Norte e Oeste de Natal, além de Parnamirim.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários