Caern confirma prejuízo de quase R$ 3 milhões no semestre devido à seca

Publicação: 2019-09-10 09:23:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Governo do Estado publicou, na edição do Diário Oficial desta terça-feira (10), o decreto prorrogando a situação de emergência devido à seca, conforme havia sido antecipado na sexta-feira (6). No documento, o Executivo afirma que somente no primeiro semestre de 2019, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) acumulou prejuízo de quase R$ 3 milhões devido aos problemas da estiagem.
Fenômeno “El Niño” diz respeito ao aquecimento de águas do pacífico. Secas dos últimos sete anos foram causadas por fenômeno

No decreto, o Governo explicou as informações referentes à perdas de faturamento apontam que o valor não arrecadado devido à seca foi de R$ 2.961.080,23 no primeiro semestre de 2019, decorrentes da paralisação do abastecimento de água, "pois, após a confirmação de colapso do manancial de água, imediatamente é suspensa a emissão das contas mensais e, na maioria dos casos, a distribuição de água permanece por meio de carros pipa, arcados pelos órgãos governamentais de forma integrada (Governos Municipais, Estadual, Federal e Caern)".

O Rio Grande do Norte está há 7 anos consecutivos sofrendo com os efeitos da seca e há 2.164 dias sob situação de emergência, período que compreende 12 semestres. Por isso, o Executivo Estadual reeditpu o decreto pela 13ª vez seguida – válido por mais 180 dias – completando 2.340 dias. O documento publicado facilita o trâmite de processos que envolvem obras e serviços que visam minimizar os impactos causados pela escassez de chuvas.

No decreto anterior, que incluía 144 municípios em situação de emergência, venceu no dia 7 de setembro, enquanto o novo compreende 135 cidades. Esse número equivale a quase 81% dos 167 municípios potiguares.

De acordo com dados da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), que também embasaram o decreto de “Situação de Emergência por Seca”, dois municípios potiguares estão em colapso no abastecimento de água: Paraná e São Miguel, ambas na região do Alto Oeste potiguar. Já o abastecimento está em rodízio em 81 municípios. As cidades que estão fora do novo decreto estão localizadas na faixa litorânea Leste.

Situação de Emergência

Disponibilidade hídrica

.RN – 28,35% (1.248.508.207 m³) dos 4,4 bilhões de m³ de capacidade total
.Bacia Apodi/Mossoró – 28,14%
.Bacia Piranhas/Assu – 29,39 m³

Reservatórios

.47 açudes e barragens do RN com volume acima de 5 milhões de m³ são monitorados pelo Instituto de Gestão das Águas do RN

.Santa Cruz do Apodi, em Apodi – 22,8% da capacidade total de 599,7 milhões de m³

.Umarí, em Upanema – 36,15% dos 292,8 milhões de m3 de capacidade total

.Armando Ribeiro Gonçalves, em Assu – 29,34% da capacidade total de 2,37 bilhões de m³

.Lagoa do Bonfim, em Nísia Floresta – 54,35% dos 84,2 milhões de m³ de capacidade total

.Lagoa de Extremoz, em Extremoz – 98,68% da capacidade total de 11 milhões de m³

.Itans, em Caicó – 0,55% da capacidade total de 75,8 milhões de m³

.Gargalheiras, em Acari – 0,48% dos 44,4 milhões de m³ de capacidade total

.Dourado, em Currais Novos – 13,45% da capacidade total de 10,3 milhões de m³

Municípios em colapso no abastecimento: 02

.Paraná e São Miguel

Municípios com rodízio no abastecimento: 81

.Acari, Água Nova, Almino Afonso, Alto do Rodrigues, Antônio Martins, Barcelona, Bento Fernandes, Bodó, Caicó, Campo Grande, Carnaúba dos Dantas, Carnaubais, Cerro Corá, Coronel João Pessoa, Cruzeta, Currais Novos, Encanto, Equador, Florânia, Francisco Dantas, Frutuoso Gomes, Ielmo Marinho, Ipanguaçu, Ipueira, Itaú, Janduís, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, João Câmara, João Dias, José da Penha, Jucurutu, Lagoa de Velhos, Lagoa Nova, Lucrécia, Luís Gomes, Marcelino Vieira, Martins, Messias Targino, Olho D´Água dos Borges, Ouro Branco, Paraú, Parelhas, Passagem, Patu, Pau dos Ferros, Pilões, Poço Branco, Portalegre, Pureza, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Riachuelo, Rodolfo Fernandes, Ruy Barbosa, Santa Mariam, Santana do Seridó, Santo Antônio, São Fernando, São Francisco do Oeste, São João do Sabugi, São José do Seridó, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Rafael, São Tomé, São Vicente, Serrinha dos Pintos, Severiano Melo, Taboleiro Grande, Taipu, Tenente Ananias, Tenente Laurentino, Timbaúba dos Batistas, Triunfo Potiguar, Umarizal, Várzea, Venha Ver, e Viçosa.

Municípios afetados pela seca: 135

1) Acari, 2) Assú, 3) Afonso Bezerra, 4) Água Nova, 5) Alexandria, 6) Almino Afonso, 7) Alto dos Rodrigues, 8) Angicos, 9) Antônio Martins, 10) Apodi, 11) Areia Branca, 12) Baraúnas,  13) Barcelona, 14) Bento  Fernandes,  15) Bodó,  16) Boa Saúde, 17) Bom Jesus, 18) Caiçara do Norte, 19) Caiçara do Rio do Vento, 20) Caicó, 21) Campo Redondo, 22) Caraúbas, 23) Carnaúba dos Dantas, 24) Carnaubais, 25) Cerro-Corá, 26) Coronel Ezequiel, 27) Campo Grande, 28) Coronel João Pessoa, 29) Cruzeta, 30) Currais Novos, 31) Doutor Severiano, 32) Encanto, 33) Equador, 34) Felipe Guerra, 35) Fernando Pedroza, 36) Florânia, 37) Francisco Dantas, 38) Frutuoso Gomes, 39) Galinhos, 40) Governador Dix-Sept Rosado, 41) Grossos, 42) Guamaré, 43) Ipanguaçu, 44) Ipueira, 45) Itajá, 46) Itaú, 47) Jaçanã, 48) Jandaíra, 49) Janduís, 50) Japi, 51) Jardim de Angicos, 52) Jardim de Piranhas, 53) Jardim do Seridó, 54) João Câmara, 55) João Dias, 56) José da Penha, 57) Jucurutu, 58) Lagoa Nova, 59)  Lagoa Salgada, 60)  Lagoa d'Anta, 61)  Lagoa de Pedras, 62)  Lagoa de Velhos, 63) Lajes, 64) Lajes Pintadas, 65) Lucrécia, 66) Luís Gomes, 67) Major Sales, 68) Marcelino Vieira, 69) Martins, 70) Messias Targino, 71) Monte das Gameleiras, 72) Mossoró, 73) Macau, 74) Nova Cruz, 75) Olho d’Água dos Borges, 76) Ouro Branco, 77) Paraná, 78) Paraú, 79) Parazinho, 80) Parelhas, 81) Passa e Fica, 82) Patu, 83) Pau dos Ferros, 84) Pedra Grande 85) Pedra Preta, 86) Pedro Avelino, 87) Pendências, 88) Pilões, 89) Portalegre, 90) Porto do Mangue, 91) Serra Caiada, 92) Rafael Fernandes, 93) Rafael Godeiro, 94) Riacho da Cruz, 95) Riacho de Santana, 96) Riachuelo, 97) Rodolfo Fernandes, 98) Ruy Barbosa, 99) Santa Cruz, 100) Santa Maria, 101 Santana do Matos, 102) Santana do Seridó, 103) Santo Antônio, 104) São Bento do Norte, 105) São Bento do Trairi, 106) São Fernando, 107) São Francisco do Oeste, 108) São João do Sabugi, 109) São José do Campestre, 1110) São José do Seridó, 111) São Miguel, 112) São Paulo do Potengi, 113) São Pedro, 114) São Rafael, 115) São Tomé, 116) São Vicente, 117) Senador Elói de Souza, 118) Serra Negra do Norte, 119) Serra de São Bento, 120) Serra do Mel, 121) Serrinha dos Pintos, 122) Serrinha, 123) Severiano Melo, 124) Sítio Novo, 125) Taboleiro Grande, 126) Tangará, 127) Tenente Ananias, 128) Tenente  Laurentino Cruz, 129) Tibau, 130)  Timbaúba dos  Batistas, 131) Triunfo Potiguar 132) Umarizal, 133) Upanema, 134) Venha-Ver, 135) Viçosa.


continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários