Cookie Consent
Natal
Caminhada na Via Costeira alerta para o câncer de mama
Publicado: 00:00:00 - 14/10/2018 Atualizado: 10:29:13 - 13/10/2018
O Cidade Viva terá um domingo diferente esta semana. E por uma boa causa. O projeto que se abre à prática de esportes e lazer da população e do turista todos os domingos em uma das faixas da Via Costeira abraçará o Outubro Rosa com a promoção da primeira edição da Caminhada Um Pé na Prevenção, aberto a todos que quiserem participar.

Cedida
Percurso da caminhada deste domingo será o mesmo do projeto Cidade Viva, com 2,5 quilômetros

Percurso da caminhada deste domingo será o mesmo do projeto Cidade Viva, com 2,5 quilômetros

Percurso da caminhada deste domingo será o mesmo do projeto Cidade Viva, com 2,5 quilômetros

A concentração acontece às 15h próxima ao Centro de Convenções. Mil camisetas foram confeccionadas para a caminhada e todas já foram vendidas. Mas qualquer cidadão pode ir vestido da forma que quiser. O percurso de 2,5 quilômetros será o mesmo do Cidade Viva, do Centro de Convenções até o Wish Natal, onde estará montado palco para várias ações.

A campanha Outubro Rosa alerta para conscientização às mulheres e à sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e, mais recentemente, sobre o câncer de colo do útero. A prevenção, aliada a hábitos saudáveis evitam em até 28% a ocorrência do câncer de mama.

O Cidade Viva é um projeto promovido pelo Governo do Estado. Acontece todos os domingos, das 15h às 19h30 em uma das faixas da Via Costeira, que fica interditada da rotatória em frente ao Centro de Convenções até o Wish Natal para a prática de esportes, lazer, caminhada e contemplação. Para este domingo, a Caminhada Um Pé na Prevenção conta com promoção do Grupo Mulheres no FDS.

A proposta do Outubro Rosa, um projeto que surgiu na década de 1990 nos Estados Unidos e ganhou alcance mundial. Em Natal, diversas entidades estão organizando ações para alertar as mulheres sobre a importância da prevenção contra o câncer de mama. Este ano, a expectativa do Instituto Nacional do Câncer (INCA) é de que em média 800 novos casos apareçam no Estado, sendo um terço deles só em Natal. Do total, 50% identificados em estágio avançado. A maior parte das ações organizadas pela Secretaria Municipal de Saúde e instituições como o SESC, incluem a realização da mamografia, exame que identifica a presença de um nódulo na mama.  Em diversas Unidades de Saúde, como a  de Santarém,  mutirões de mamografias estão sendo feitos.

Mulheres entre 50 e 69 anos não precisam de requisição para retirar a ficha, na própria Unidade de Saúde, e fazer o exame, apenas levar o seu cartão do SUS e a identidade. Já mulheres com menos de 50 anos devem levar, além do cartão SUS e a identidade, uma requisição médica solicitando o exame. O ideal é que o exame seja feito anualmente.

A mamografia de rotina é o método mais eficaz para o diagnóstico do câncer de mama em estágio inicial, e indicado para mulheres assintomáticas, ou seja, sem anormalidades na estrutura mamária. Ainda de acordo com o INCA, a mamografia periódica permite uma redução de até 30% na mortalidade por câncer de mama em mulheres de 40 a 69 anos.

Serviço
Mutirão de mamografias

Unidade Móvel Savana Galvão do Grupo Reviver

Das 8h às 17h. Para as mulheres entre 50 e 69 anos não há necessidade de receita médica. As demais precisam de requisição médica

18 e 19 /10 - Unidade de Saúde do Nazaré - Rua Rubens Mariz, 744, Nazaré

22 a 26/10 - Unidade Rosângela Lima - Rua Santa Beatriz – Planalto

28/10 a 02/11 - Policlínica Zeca Passos - Praça Augusto Severo, 281- Ribeira




Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte