Caminho da salvação é parecido

Publicação: 2014-10-28 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
ABC e América não melhoraram muito de situação após a realização da 32ª rodada da série B. Apesar de bater o Paraná por 2 a 1, o alvinegro avançou apenas um ponto em relação a distância para zona de rebaixamento e continua estacionado na 14ª colocação, com 38 pontos conquistados. A situação do alvirrubro em termos de classificação ficou um pouco pior, ele caiu para 18ª colocação com a derrota de virada para o América-MG, porém, ele continua a dois pontos de colocar a cabeça para fora da zona de desespero.

Se não conseguiu fugir muito a frente da turma que luta para garantir a permanência na segundona da próxima temporada, o ABC pelo menos diminuiu a distância que necessita percorrer até o número mágico de 45 pontos que, segundo os matemáticos, é suficiente para que um clube reduza o seu risco de queda para um patamar inferior a 5%.

O time comandado por Roberto Fonseca agora precisa somar mais sete pontos, em dezoito que ainda tem a disputar. Praticamente metade desse caminho poderá ser percorrido já no próximo sábado, quando antes de sair para realizar dois confrontos como visitante, o time alvinegro vai encarar o América-MG, no Frasqueirão, num embate onde a equipe mineira vai precisar dos três pontos para não se distanciar da luta para regressar ao grupo de elite. Pelo site Chance de gol, o risco do ABC de ser um dos rebaixados na atual temporada é de apenas 7,7%.

Situação incômoda mesmo vai ficando a do América, que de acordo com o site especializado em estatísticas e probabilidades do futebol corre uma série ameaça de descer. Os matemáticos classificam que o risco de o América deixar a série B chegou a 60,6%. A distância dele para o Icasa, 16º colocado, é a mesma que ele tinha na rodada passada para o Oeste, que agora abre a zona de rebaixamento com o mesmo número de pontos que o representante cearense, ficando atrás apenas nos critérios de desempate.

O alvirrubro potiguar que tem um baixíssimo aproveitamento como mandante, o que é um fator complicador nesta campanha, na rodada marcada para sábado, vai ao Recife enfrentar o santa Cruz. Enquanto o Icasa recebe o Náutico e o Oeste, joga em casa contra a Portuguesa, único clube já rebaixado na competição.

Ou seja, mesmo atuando como visitante, o América terá de lutar por um resultado positivo a qualquer custo. Caso contrário, pode ver seus adversários mais próximos ampliarem a vantagem e tornarem uma tentativa de reação, algo quase impossível. A questão é que o tricolor pernambucano apesar de aparecer na oitava colocação, tem 48 pontos e está jogando suas últimas cartadas para chegar dentro do grupo de acesso a série A de 2015. Portanto o confronto terá clima de decisão para ambos e por razões bem distintas.

Trazer um resultado positivo do Recife é importante também por outra razão, passada essa rodada, o clube potiguar fará dois jogos na Arena das Dunas, primeiro contra o Boa Esporte e o segundo será um confronto direito contra o próprio Icasa, que é hoje o adversário que deve ser superado.



Deixe seu comentário!

Comentários