Caminhos amorosos

Publicação: 2019-11-15 00:00:00
A+ A-
Anderson Di Rizzi, que vive o centrado Márcio, está preparado para tudo em “A Dona do Pedaço”. Ao iniciar a novela de Walcyr Carrasco, ele esteve envolvido em um triângulo amoroso com Kim e Silva, interpretadas por Monica Iozzi e Lucy Ramos. Agora, na reta final, o personagem ganhará um novo romance. Márcio começará a se relacionar com a policial Yohana, de Monique Alfradique. “Se eles vão ficar juntos, não sei. Mas será uma relação diferente para o Márcio. A Kim colocava o personagem em um lugar de submissão. Com a Yohana, o Márcio chega mais atiradinho. Ele aprendeu algumas coisas com a Kim (risos)”, explica Anderson, que já gravou algumas cenas mais íntimas com Monique.

Créditos: Divulgação/GloboAnderson Di Rizzi, atorAnderson Di Rizzi, ator
Anderson Di Rizzi, ator

“Não são sequências fáceis para ninguém. Por isso, sempre gosto de perguntar se a minha companheira de cena esta confortável. É um respeito. A Monique é uma super profissional e foi muito disponível”, elogia. A novela das nove termina no próximo dia 22. Sem dar muitas pistas sobre o final de seu personagem, Anderson afirma que ficou surpreso com suas últimas cenas. “É um final bem diferente para o Márcio e para a Kim. Fiquei bem surpreso. O Walcyr é um autor que resolve tudo muito rápido. A gente se surpreende a cada novo bloco”, aponta. Casado com a professora Taíse Galante, Anderson tem se dividido entre o Rio de Janeiro, onde grava a novela, e São Paulo, cidade em que mora. Os dois são pais de Helena, de 2, e Matteo, de 4 meses. “Estou em um dos momentos mais felizes da minha vida. Toda folga que tenho vou para São Paulo. Ajudo a dar banho, troco fralda, só não dou peito porque não tenho leite, senão até o peito eu daria”, afirma.

Fim da vida mansa
Em “Bom Sucesso”, Diogo, papel de Armando Babaioff, irá passar por poucas e boas. Em cenas previstas para irem ao ar nesta sexta, dia 15, Silvana Nolasco, de Ingrid Guimarães, flagra o advogado aos beijos com Jeniffer, vivida por Nathalia Altenbernd, em uma das cabines da loja Chic Store e faz um vídeo do encontro. Mesmo com as imagens em mãos, a atriz imagina que ninguém acreditaria nela, por todo o histórico de mentiras que tem com a família Prado Monteiro, e revolve mostrar a gravação para Eugênia, de Helena Fernandes. A dona da boutique fica horrorizada diante do vídeo e irá pressionar Diogo a contar a verdade para Nana, de Fabiula Nascimento. O advogado tenta se justificar, diz que estava carente desde que a esposa engravidou, e que a funcionária praticamente o agarrou. Nana reflete, percebe que o casamento já estava desgastado e que não quer condicionar uma relação fracassada ao filho que está esperando. Por isso, pede que Diogo arrume tudo e saia de casa.

 Grandiosidade em cena
A cidade cenográfica de “Amor de Mãe”, nova novela das nove, será cortada por um viaduto. O fictício Bairro do Passeio, onde boa parte da trama se desenrola, foi inspirado em São Cristóvão, bairro do Rio de Janeiro. “É o viaduto que determina o traçado da cidade cenográfica de nove mil metros que construímos nos estúdios da Globo. Eu e minha equipe fizemos várias visitas e levantamentos em São Cristóvão e, apesar de se tratar de um bairro fictício, reproduzimos algumas construções do lugar”, explica Alexandre Gomes, que assina a cenografia da novela.

Novo comando
O “Balanço Geral”, da Record, contará com novo comando a partir da próxima segunda, dia 18. Celso Zucatelli estará à frente do telejornal que abre a programação matinal da emissora. Ele contará com a participação de Bruno Peruka.

Foi bem
As cenas de “Bom Sucesso” que recriam passagens famosas de obras literárias. As sequências são um bonito trabalho de produção de arte, cenografia e figurino. Uma sacada muito inteligente e delicada dos autores Rosane Svartman e Paulo Halm.

Foi mal  
Para a repetição de filmes da tevê fechada. Além de exibir as mesmas produções diversas vezes, os canais ainda levam ao ar, ao mesmo tempo, longas iguais, como “Os Dez Mandamentos – O Filme”.








Deixe seu comentário!

Comentários