Campanha será lançada contra a violência

Publicação: 2010-11-25 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A Prefeitura do Natal, pelo segundo ano consecutivo, se engaja na Campanha Mundial pelo fim da violência contra a mulher. Hoje,  em todo o Brasil, será lançada por uma grande rede de organizações não-governamentais e governamentais a Campanha:“16 Dias de Ativismo para o enfrentamento à Violência contra as Mulheres”.  O evento é um período de ações de enfrentamento que têm início dia 25 (Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher) e se encerra no dia 10 de dezembro.

A ação já envolve 156 países em todo o mundo, e no Brasil, governos, parlamentares, organizações, redes, movimentos feminista e de mulheres e de direitos humanos, empresas públicas e privadas, veículos de comunicação e cidadãos também se mobilizam, numa extraordinária campanha de âmbito nacional com a finalidade de combater a violência contra as mulheres e fortalecer nelas a auto-estima.

A Prefeitura do Natal lança sua programação de atividades alusivas a Campanha, por intermédio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social – Semtas, da Secretaria Adjunta de Integração Social e do Departamento da Mulher.

Durante a manhã do dia de início da Campanha (25), a Secretária Adjunta de Integração Social, Josi Pontes, irá conduzir a primeira ação da Semtas. Será realizada, na Assembleia Legislativa, uma Mesa Redonda Intitulada: Natal nos 16 dias de Ativismo pelo fim da Violência contra a Mulher. “O foco principal de discussão será a violência doméstica: a Lei Maria da Penha e a notificação compulsória, como forma de debater, esclarecer, lembrar, protestar e chamar a atenção para a problemática que atinge as mulheres e a toda sociedade. A mesa redonda é mais uma oportunidade de tratar o assunto à luz de nossa realidade, uma vez que as mulheres enfrentam as guerras cotidianas promovidas pelas dificuldades, pela violação dos direitos sociais e humanos produzidos pelas diversas formas de violência”, afirma Josi Lucas.

O evento terá a participação de todos os técnicos do Departamento da Mulher (Centro de Referência Mulher Cidadã e Casa Abrigo Clara Camarão), do Departamento de Proteção Social Básica e Social, Representantes das Secretarias de Educação e Saúde, Conselho da Mulher; Ministério Público, Defensoria Pública, Conselho do Idoso, Promotoria, Fórum de Mulheres, dentre outros.

Dentro da programação da Semtas, os cidadãos natalenses poderão contar ainda com uma série de palestras sobre saúde do homem e fim da violência contra a mulher. As palestras irão acontecer em todas as unidades dos Centros de Referência da Assistência Social - CRAS.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários