Campeão de todos os recordes

Publicação: 2019-12-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Estar frente a frente com a equipe campeã brasileira e que pulverizou quase todos os recordes do Campeonato Brasileiro, com a sua edição restrita a vinte clubes, não é uma tarefa fácil para ninguém, mas existem jogadores que se motivam ainda mais frente a grandes desafios, caso de Carlos Sanchez, do Santos, que para o atleta uruguaio terá um sabor dos mais especiais na Vila Belmiro. A partida, assim como todos os demais confrontos da rodada que fecha a edição de 2019 do Brasileirão, tem o início previsto para às 16 horas.

O Santos entra em campo hoje para buscar a segunda colocação do campeonato. Mas para isso precisará vencer a equipe que já bateu o recorde de invencibilidade na competição, onde não perde há 24 rodadas. A última derrota ocorreu diante do Bahia, na Fonte Nova na décima terceira rodada (3 a 0).

“Tem sabor especial de enfrentar o campeão. Temos que pensar sempre em ganhar, eles sendo os campeões ou não. O Santos é caracterizado por ganhar em qualquer lugar. A nossa ideia fixa é ganhar sem pensar no adversário. Obviamente há o sabor especial por ser um jogo contra o campeão da Libertadores e Brasileiro, mas temos a mesma motivação de sair para ganhar", disse Sanchez.

Para sair de campo com o resultado pretendido pelo jogador uruguaio, os santistas terão de parar um ataque que já alcançou a marca de 138 gols na temporada e cujos dois principais artilheiros: Gabriel Barbosa e Bruno Henrique, ambos crias da Escolinha de Futebol da Vila Belmiro, juntos já marcaram 46 gols na competição, quantidade que supera os gols marcados por 70% das equipes que disputaram esse edição do Brasileiro. Dentre esses clubes que marcaram menos que os dois homens de frente do Rubro-Negro estão os campeões brasileiros: São Paulo (37), Corinthians (41), Internacional (42), Bahia (43), Atlético-MG (43), Vasco (38), Fluminense (36), Botafogo (44) e Cruzeiro (27).

Com 25 gols assinalados, Gabriel Barbosa passou a ser o atacante com maior número de gols marcados numa edição da competição nacional. Bruno Henrique pode se transformar no segundo.
Jorge Jesus faz mistério, mas a proximidade do Mundial de Clubes pode fazer ele lançar reservas
Jorge Jesus faz mistério, mas a proximidade do Mundial de Clubes pode fazer ele lançar reservas

Gabriel ainda aguarda uma definição sobre o seu futuro dentro do Rubro-Negro e admite 'balançar' com o carinho que vem recebendo da torcida, mas deixa situação em aberto no Flamengo.

O grito de "Fica, Gabigol!" tomou conta do Maracanã após a goleada do Flamengo sobre o Avaí por 6 a 1, e balançou o artilheiro, que se mostrou feliz com o carinho recebido dos torcedores.

“É muito especial estar no Maracanã com a torcida do Flamengo. É muito bom ver bandeiras com meu rosto. Estou curtindo bastante, estou muito feliz aqui e espero que esse carinho continue independentemente do que aconteça. Ainda não sei o que vai acontecer, mas estou curtindo", afirmou o artilheiro do Brasileirão com 25 gols.

A situação não é tão simples. O atacante tem contrato com a Inter de Milão e o clube italiano quer negociá-lo em definitivo. As boas atuações pelo Flamengo deixaram Gabriel bastante valorizado, o que pode dificultar ainda mais sua permanência.

Outro que teve seu nome gritado pelos quase 70 mil torcedores no Maracanã foi o técnico Jorge Jesus. O treinador português também foi lembrado pelo meia Reinier, que entrou no segundo tempo e marcou dois gols.

“Ele (Jorge Jesus) tem uma importância muito grande para mim, principalmente nos treinos. Ele me ajuda bastante, me cobra. Ainda tenho muito o que evoluir", comentou Reinier.

Campeão do Brasileirão com 90 pontos, o Flamengo deve encarar o Santos, no domingo, na Vila Belmiro, pela última rodada, com um time todo reserva. Isso porque no próximo dia 17 de dezembro, o time estreia no Mundial de Clubes.

Com 90 pontos conquistados em 37 rodadas, o clube pode estabelecer um patamar ainda mais alto neste critério, caso vença o Peixe na Vila Belmiro. Ele pode chegar aos 93 pontos e obter 93 dos 114 pontos disputados e acumular um percentual de aproveitamento de 81,5%.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários