Esportes
Campeão olímpico da Hungria morre de covid-19; atleta tinha 51 anos
Publicado: 00:00:00 - 26/01/2022 Atualizado: 22:20:03 - 25/01/2022
Budapeste (AE) - O ex-ginasta húngaro Szilveszter Csollány, campeão nas argolas nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, morreu na segunda-feira, aos 51 anos, devido à covid-19. A informação foi divulgada nesta terça-feira pela Federação Húngara de Ginástica (MTSZ).

Csollány contraiu o coronavírus em novembro do ano passado. Nos primeiros dias de dezembro ele foi internado em estado grave e precisou ser ligado a um respirador. Desde então seu estado de saúde se deteriorou.

Com um posicionamento negacionista, o ginasta publicou informações e opiniões contrárias à vacinação durante a pandemia. No entanto, o médico do húngaro afirmou que ele recebeu uma dose da Janssen pouco antes de ser hospitalizado.

Nascido em 13 de abril de 1970 na cidade de Sopron, Csollány conquistou a medalha de prata nas argolas em 1996, nos Jogos de Atlanta, e quatro anos depois subiu ao topo do pódio. O atleta também foi proclamado campeão mundial em 2002.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte