Canecas temáticas fazem sucesso no IHGRN

Publicação: 2018-09-20 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (IHGRN) lançou nesta semana uma coleção de canecas em homenagem ao artista potiguar Newton Navarro (1928-1992). São 20 estampas diferentes, cada uma mostrando uma obra específica do artista. Segundo o presidente do IHGRN, Ormuz Simonetti, as pinturas que serviram de base para a coleção de canecas pertencem ao acervo do advogado Armando Holanda. “Armando Holanda deve ser o colecionador com mais telas de Navarro. Chegamos a fazer uma exposição com algumas delas na galeria do IHGRN. Para as canecas, escolhemos pinturas de uma das fases do artista", diz Ormuz. Dentre os temas de Navarro privilegiados na coleção, estão pescadores e vaqueiros.

Canecas trazem cenas e figuras típicas de Newton Navarro, reproduzidos de acervo particular
Canecas trazem cenas e figuras típicas de Newton Navarro, reproduzidos de acervo particular

Esta é a segunda coleção de canecas lançada pelo IHGRN. A primeira trouxe ilustrações que o artista Carlos José fez de prédio e monumentos do Centro Histórico de Natal em 1973. As ilustrações estavam em um álbum de gravuras pertencente ao acervo da instituição. Além dos souvenirs, as ilustrações renderam a exposição Roteiro Histórico do RN.

“As canecas estão fazendo sucesso. Tem gente que compra várias de uma vez”, conta Ormuz. “Estamos pensando em outras coleções. Mas viabilizar isso dá trabalho. Tem que ter acesso aos trabalhos e ver as condições para fotografar, ver se a obra se encaixa no formato da caneca. Nosso objetivo é divulgar o artista potiguar resgatando sua memória".

A tiragem das canecas é limitada. O preço é R$ 30 por peça. Para adquirir, basta visitar o Instituto Histórico e Geográfico do RN, localizado na rua da Conceição, Cidade Alta (próximo à Assembleia Legislativa). Mais antiga instituição cultural do estado, o IHGRN oferece ao visitante exposições de seu acervo de documentos e peças históricas, exposição de obras de arte e uma biblioteca que está temporariamente fechada para pesquisa, já que o acervo passa catalogação e digitalização. Regularmente também são promovidas palestras.










continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários