Caranguejada real e oficial

Publicação: 2019-06-20 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Degustar caranguejo com direito a todo aquele ritual típico de quebrar a casca e procurar a carne é um dos hábitos gastronômicos favoritos dos natalenses. Fato. De tanto ouvir pedidos de sua clientela, após 12 anos de estrada, o Real Botequim resolveu dedicar um dia ao crustáceo favorito da cidade: todo domingo é dia do Festival do Caranguejo, um projeto que foi lançado no último dia 16, e promete ser um deleite total para os fãs dessa iguaria do mar.

Fãs do crustáceo podem degustar o caranguejo ensopado com acompanhamentos
Fãs do crustáceo podem degustar o caranguejo ensopado com acompanhamentos

O menu do festival é composto por um arroz de caranguejo, croquete, caldinho, casquinho, coxinha, e pastel (porções de cinco), tudo bem recheado com a carne do crustáceo. E, claro, tem o caranguejo na água e sal ou no coco, para a alegria de quem não abre mão do ritual habitual de consumo. Cada prato possui seu preço próprio, não se trata de um “combo”. O cliente escolhe os petiscos para consumir, na ordem que desejar. O cardápio foi assinado pela chef Taci Dete, também consultora do Real Botequim de Recife.

O gerente Samuel Silva atesta o gosto do natalense pelo crustáceo. “O dia de lançamento encheu a casa, e 100% dos pedidos foram para caranguejos, até a gente ficou impressionado”, diz. Ela ressalta um fato: a coxinha de caranguejo já existia há um bom tempo no menu, e sempre foi um dos petiscos mais pedidos da casa. “Essa coxinha também tem no menu de Recife, mas lá não sai como aqui em Natal. As pessoas daqui são loucas por caranguejo”, brinca.

Patolas empanadas também estão no cardápio domingueiro
Patolas empanadas também estão no cardápio domingueiro

O caranguejo costuma ser servido como entrada, um petisco só para abrir o apetite, mas no domingo do Real Botequim ele vira protagonista do cardápio. “O caranguejo é consumido até de noite aqui em Natal, então não precisa estar na praia, de frente para o mar num dia de sol para consumi-lo. É um hábito local mesmo”, afirma Samuel. Ele ressalta que o domingo deve ser realmente aproveitado, pois o crustáceo tem que ser consumido todo no dia, e só sai enquanto durar o estoque.

Apesar de não ter praia por perto, o acompanhamento favorito para o crustáceo na casa é o chope ou a caipirinha. De acordo com Samuel, o Festival do Caranguejo não tem uma data para acabar, mas a ideia é que ele se torne fixo no cardápio do Real Botequim. Se depender do apreço do natalense pela iguaria marítima, já pode dar isso como certo. O bar e restaurante de origem pernambucana já está há 12 anos na capital potiguar.

O menu é composto também de coxinha,  pasteis e croquete
O menu é composto também de coxinha, pasteis e croquete

Serviço:
Festival do Caranguejo. No Real Botequim, Shopping Cidade Jardim, Capim Macio. Todos os domingos, do meio-dia às 22h30 (enquanto durar o estoque). Tel.: 3217-1227.






continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários