Carlos vai intensificar diálogo sobre eleições em março

Publicação: 2020-01-25 00:00:00
A+ A-
Ex-deputado estadual e ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo disse que se afastou, momentaneamente, das conversas políticas. “Não que tenha suspendido totalmente, mas só muito eventualmente, tenho conversado sobre política e com  dirigentes partidários”, afirmou ele, que preside o PDT no Rio Grande do Norte, indicando que só depois do Carnaval vai retomar com mais intensidade os diálogos sobre as eleições municipais deste ano. “Agora, quero dizer o seguinte, só a partir de março, efetivamente, eu vou começar a ver a questão de nominatas de candidatos a vereador e qual a posição do partido com relação a prefeitura de Natal”.

Créditos: DivulgaçãoCarlos Eduardo disse que não houve decisão também sobre uma candidatura à Câmara MunicipalCarlos Eduardo disse que não houve decisão também sobre uma candidatura à Câmara Municipal
Carlos Eduardo disse que não houve decisão também sobre uma candidatura à Câmara Municipal

Carlos Eduardo disse que, por enquanto, o PDT não tem decisão tomada sobre um eventual apoio ao atual prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), mas não afasta a possibilidade do vir a apoiá-lo nas eleições de 4 de outubro. “Até porque eu sinto dentro do partido uma grande tendência, natural, de apoio à reeleição de Álvaro Dias”, reconheceu. Mas, acrescentou o ex-prefeito, “com relação a isso não houve nenhuma discussão e muito menos uma decisão interna do PDT”. 

Já a respeito de uma possível apoio a uma candidatura a prefeito de Natal do deputado Hermano Morais, que no começo do primeiro semestre do ano passado se desfiliou do MDB e em dezembro do ano passado anunciou que irá se filiar ao PSB, Carlos Eduardo  disse que o parlamentar o tem procurado para conversar sobre as eleições em Natal. “A gente conversou eventualmente e nos damos muito bem ao longo da vida pública, mas também não passou de diálogo e poderemos continuar a conversar, nada impede”, disse ele.

Outra situação avaliada por Carlos Eduardo, refere-se a uma eventual candidatura à Câmara Municipal de Natal (CMN). Atualmente, o PDT conta com cinco vereadores e candidatos à reeleição – Ary Gomes, Chagas Catarino, Júlia Arruda, Kleber Fernandes e Nina Souza: “Não estou cogitando isso, evidentemente que tenho ouvido amigos e correligionários defendendo a minha  candidatura a vereador, mas não há uma unanimidade, uma parcela acha que deva sair candidato vereador e outros achando que não devo”.

Portanto, Carlos Eduardo ressalvou que “na política a gente não faz só o  que quer, a gente tem que ouvir o partido, amigos e correligionários, isso aprendi a fazer, mas quero dizer, também, que não há nenhuma decisão sobre candidatura a vereador”.

Carlos Eduardo acrescentou que algumas dessas pessoas, com quem conversou, “querem que recomece a vida publica com mandato de vereador e acham que por ter sido prefeito várias vezes, conhecer e saber de algumas soluções para os problemas de Natal, qualificaria o debate político, e dava uma contribuição às soluções de Natal via Câmara”.

Mas, continuou o ex-prefeito, outros acham que “não devo ser candidato a vereador, acham que devo apoiar candidatos a prefeito em Natal e no interior e aguardar a disputa das eleições de 2022, sem uma definição a qual cargo serei candidato”.

Diante dessa situação, Carlos Eduardo explica que como a convenção de  homologação de candidatos aos cargos proporcional e majoritário ocorrerá em junho, vai aguardar até lá uma definição. “Esse assunto pode ser amadurecido e decidido lá na frente, mas na realidade não sou candidato a vereador, porém não é também uma posição inflexível e decidida”.





Deixe seu comentário!

Comentários