Carnaval no Centro terá três palcos

Publicação: 2019-02-26 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Carnaval em Natal promete mirar no Centro Histórico da capital. E o Beco da Lama, coração mais festivo e boêmio da cidade alta, será o epicentro da folia naquele bairro. A programação de carnaval da prefeitura contará com três palcos durante a folia: No Beco da Lama, na Praça 7 de Setembro e no Espaço Cultural Ruy Pereira, carinhosamente chamado de Zé Reeira. Festas independentes e blocos também programados para o centro da cidade.

Créditos: DivulgaçãoGrupo Skarimbó se apresenta no Palco Beco da Lama, dia 4Grupo Skarimbó se apresenta no Palco Beco da Lama, dia 4
Grupo Skarimbó se apresenta no Palco Beco da Lama, dia 4

A folia começa no Beco da Lama já sexta-feira, dia 1º, com shows de Quarteto Linha, às 20h e Dodora Cardoso às 21h30. Segue no sábado (2) com Ana Tomaz (20h), Gereba (21h30) e Carlos Zens às 23h. Também no sábado (2), no Espaço cultural Ruy Pereira (lateral do IFRN Centro) tem Leão Neto levantando a galera a partir das 16h30.

No domingo (3) tem a tradição decana do Desfile das Kengas, no palco instalado nas imediações do Tribunal de Justiça (Praça Sete de Setembro). A partir das 16h15 tem o Bloco Educação no Trânsito, depois Laryssa Costa (16h30) e Sidney Magal fechando a noitada depois da acirrada disputa pelo título de Kenga do Carnaval de Natal.

Na segunda-feira (4) a folia volta ao Beco da lama a todo vapor com o Bloco Educação no Trânsito (16h45), Xaranga do Riso (17h); Leão de Judá às 20h e Kanelinha e CPI do Forró às 21h30. E na terça-feira (5) tem Rodolfo Amaral (20h), Dani Cruz (21h30) e Skarimbó às 23h.

Créditos: DivulgaçãoMagal encerra domingo na Praça 7 de SetembroMagal encerra domingo na Praça 7 de Setembro
Magal encerra domingo na Praça 7 de Setembro

De acordo com o secretário de cultura Dácio Galvão, o objetivo é oferecer uma programação diversificada, de várias vertentes e estilos, “mas com a linguagem consagrada daquele espaço da cidade, com irreverência, alegria e muita qualidade musical”.

Galo em ritmo de frevo e música eletrônica
“Eu tava meio triste e todo acanhado / quando cantou o Galo dos Perturbados. Um som meio magia e todo afinado / fiquei todo feliz a até meio assanhado”. Os versos são da letrista e atriz Eliene Albuquerque e vem embalando, há nove anos,  a trilha da terça-feira de carnaval do centro da cidade do bloco Galo dos Perturbados. Considerado o maior do Centro Histórico, o bloco terá como itinerário previstoas  principais ruas da Cidade Alta, encerrando no Polo Centro Histórico, com palco montado na rua Vigário Bartolomeu. Neste dia, as atrações musicais do polo ficarão por conta do cantor Rodolfo Amaral, cantora Dani Cruz e da banda Skarimbó. Antes, os foliões do Galo se concentrarão no tradicional Bar do Naldo, sede do bloco, a partir de 14 hs. O esquenta será por conta do cantor e tecladista Fabinho Luz, que agitará os foliões até às 17 hs.  Em seguida, a agremiação ganhará as vias da Cidade Alta em direção à Vigário Bartolomeu ao som da banda de frevo composta por 26 músicos, resultado de aprovação no edital de Seleção Pública para o Carnaval de Natal, via Prefeitura/Funcarte.

Créditos: DivulgaçãoGalo dos Perturbados desfila na terça, mas terá prévia no sábadoGalo dos Perturbados desfila na terça, mas terá prévia no sábado
Galo dos Perturbados desfila na terça, mas terá prévia no sábado

Os tradicionais bonecos gigantes nas figuras do Galo – o mascote da agremiação -, do ex-Rei Momo Paulo Maux e do Garçom também se juntarão aos foliões para abrilhantar o bloco. “O Galo resgatou o carnaval do centro histórico e neste ano vai fortalecer o polo. Estimamos contar com cerca de 3,5 mil foliões. A tendência é sempre aumentar”, assinala o diretor do bloco, Naldo Alves.

Para ajudar a manter o bloco, 400 camisetas foram colocadas à venda ao preço de R$ 25,00. Mas o diretor destaca que não é proibido acesso sem o abadá. “Qualquer pessoa com o espírito carnavalesco pode se juntar ao bloco e curtir a fuzarca”. Nosso público não se restringe apenas aos moradores da Cidade Alta. Foliões das Rocas, Alecrim, Felipe Camarão e Cidade Satélite, por exemplo, também frequentam o bloco”.

No sábado de carnaval (dia 2), O Galo dos Perturbados fará uma prévia no Bar do Naldo, com o músico Fabinho Luz, de 18h às 21h, e o cantor Waldick Moral, entre 21h e 24h. E no dia 9 de março, Fabinho Luz volta ao bar para comandar a Ressaca do Galo. “O carnaval no centro histórico melhorou muito depois do Galo, porque vieram os blocos Nazi Vai à Ribeira, Maria Bonita e as prévias no Bar do Zé Reeira, e isso está fortalecendo o carnaval do centro”, registra Naldo Alves.

Acorda, Clubbers!
Enquanto o Galo dos Perturbados levanta o folião em ritmo de frevo, uma nova tribo vai promover o “Acorda, Clubber!”, festa eletrônica que ocupará o Beco da Lama durante a folia de momo. As batidas do Acorda, Clubber! ocupará o Beco da Lama, ponto de encontro já tradicional para os fãs de house e techno da cidade, com DJs que se destacam na cena local em festas como Houssaca, Disconexa, House Nation, We Like it DEEP, e SounDJ no Beco.

Créditos: Dani FerreiraFesta carnavalesca ‘Acorda, Clubber!’ vai embalar o BecoFesta carnavalesca ‘Acorda, Clubber!’ vai embalar o Beco
Festa carnavalesca ‘Acorda, Clubber!’ vai embalar o Beco

No domingo, as primeiras batidas poderão ser ouvidas a partir das 15h, e dançaremos juntos até às 23h30. Do pôr-do-sol até a noite, com uma sonoridade encantadora e sets apaixonantes, as clubbers não param! Depois disso, tudo é after com Fresh Touch, Victor Icha, PajuxFrank, Dnir, Blue&Red, Not Found, Tyuri, IVNU. A rave tem apoio da Prefeitura do Natal e SAMBA – Sociedade dos Amigos do Beco da Lama e Adjacências














Deixe seu comentário!

Comentários