Caso ‘Banestado’ deflagrou Operação

Publicação: 2013-04-27 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Segundo o delegado Rubens Alexandre, as investigações da  Operação “Absconso” tiveram início após o ‘Caso Banestado’. “Depois disso, foram iniciados os inquéritos no Rio Grande do Norte e chegamos a esta conclusão”, revelou. O ‘Caso Banestado’ foi uma investigação ocorrida no início dos anos 2000 um suposto grupo de doleiros que operavam várias contas no Banestado – Banco do Estado do Paraná - de Nova York, de onde movimentavam para contas de outros bancos dos Estados Unidos e em seguida para paraísos fiscais.

As movimentações teriam ocorrido em 1996 e 1997 e, segundo as investigações, somam aproximadamente U$ 30 bilhões. O relatório apresentado pela PF ao fim das apurações apontava para lavagem de dinheiro e ligações com o tráfico de drogas dentro do esquema, além de apontar nomes de políticos e parentes de políticos como participantes da fraude, além de empresários, artistas e jogadores de futebol.

O caso provocou a abertura, em 2003, de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado para apurar a evasão de divisas do Brasil. À época, um delegado da Polícia Federal, Paulo Cauby Batista, foi preso no Ceará acusado de passar informações sigilosas para um doleiro investigado no caso. Até 31 de dezembro de 2010 foram feitas autuações fiscais de R$ 8,2 bilhões, atingindo contribuintes que movimentaram ilegalmente recursos no exterior, através do Banestado. Foram 1.938 procedimentos fiscais.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários