Cenários positivos

Publicação: 2018-03-14 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Luiz Antônio Felipe
laf@tribunadonorte.com.br

Os economistas da MAPFRE Investimentos afirmam que os cenários externo e interno são favoráveis e tiram fundamentos da economia brasileira do foco. Há sinais de que a conjuntura internacional beneficiará a economias emergentes neste ano, incluindo a brasileira, garantem. A aceleração do crescimento global, com demanda em alta, terá efeitos positivos sobre os preços e as quantidades das exportações de commodities. A tendência de expansão fiscal nos EUA, por conta da reforma tributária e a liquidez do mercado de capitais, apesar da elevação das taxas de juros  reforçam essa expectativa.

Brasil
Um cenário de descrédito é o que se vê espalhado pelo País. Uma pesquisa divulgada ontem diz que a eleição presidencial é vista com pessimismo por 44% dos brasileiros e apenas 20% estão otimistas. A classe política brasileira está mais suja do que poleiro de galinha.

Proteção
Em mais um relatório, divulgado ontem, a OCDE eleva as previsões de crescimento mundial, com base em dados recentes, mas alerta contra o protecionismo. No caso do aço brasileiro, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, entende que não interfere no crescimento do País. O protecionismo atual tem semelhanças com as disputas que levaram à guerra mundial, na  avaliação do historiador americano Marc-William Palen.

Comércio
As vendas do varejo sobem 0,9% em janeiro ante dezembro, revela o IBGE. Crescimento após o black friday (em novembro) e o natal. Sem o ajuste sazonal, as vendas do varejo tiveram alta de 3,2% em janeiro de 2018. Pelo que se pode observar é um crescimento consistente, embora com os indicadores negativos que rondam  o comércio, como a elevada inadimplência e o desemprego.

Confiança
Indicador de Confiança do Consumidor do SPC Brasil e CNDL sinaliza 42,8 pontos em fevereiro, pouco acima do observado em fevereiro de 2017. A pesquisa qualitativa mostra que para brasileiros, corrupção é o maior entrave para a economia melhorar. Já o custo de vida alto é a principal queixa.

Apoio ao cadastro
O Cadastro Positivo pode mudar a forma como os tomadores de crédito são avaliados no país. Segundo analistas, em vez de serem analisados pelos pagamentos em atraso ou não realizados, os consumidores seriam avaliados pelos compromissos financeiros honrados. Essa mudança, porém, depende da aprovação de um projeto de lei complementar que está parado no Congresso Nacional. O Cadastro Positivo é como um currículo do tomador de crédito, que mostra que ele cumpre com seus compromissos financeiros, ou seja, uma forma de valorizar os bons pagadores.

Acesso
Atualmente, fintechs de crédito, bancos e financeiras só têm acesso às informações sobre inadimplência e atraso de pagamento, o que eleva as taxas de juros cobradas, uma vez que emprestar para maus pagadores é correr mais riscos.  O acesso ao histórico de bons pagadores é benéfico para quem oferece e, melhor ainda, para quem toma crédito.

De acordo com a Serasa Experianm, janeiro  bateu recorde de novos microempreendedores individuais registrados. No primeiro mês do ano foram criados 180.146 novos negócios no segmento dos MEIs ou 85,7% do total de empresas nascidas no país. A região Sudeste é a principal sede das novas empresas: 52,1% dos nascimentos aconteceram naquela região.

A liberação do lote multiexercício de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física estará disponível a partir de amanhã (15), na rede bancária. Estão incluídas as restituições residuais de 2008 a 2017, para  76.644 contribuintes, totalizando R$ 170 milhões. Desse total, R$ 70.531.662,34 são para contribuintes com prioridade no recebimento: 15.365 idosos e 1.375 com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave.

A Receita Federal já recebeu mais 2,4 milhões de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). Quem entrega primeiro também será restituído nas primeiras devoluções. Sem o reajuste  da tabela de descontos e abastimentos, há vários anos, a receita espera receber mais de 28 milhões de declarações até o dia 30 de abril. Quem ganhou em 2017, R$ 28,55,70 está obrigado a declarar.

Imóveis
O Sinduscon RN abre  a partir de hoje, 14, o “Balcão de Negócios Sinduscon”, no terceiro piso do shopping Midway (ao lado das salas de cinema). Terá a oferta de unidades  do programa Minha Casa, Minha Vida ao alto padrão, e à contratação para construção ou reformas imobiliárias. Participam as dez importantes construtoras e incorporadoras associadas ao Sindicato.

Justiça
Mais uma da “fatura do desperdício” do dinheiro do cidadão. Os servidores federais ampliam os benefícios com vitórias na Justiça. Por ano,  ano, a União gasta R$ 4 bilhões com pagamentos por ações trabalhistas. É preciso reduzir drasticamente as despesas com precatórios e com os bônus dados aos servidores. Um ralo sem fim.

Hospedagem
Cerca de 50 meios de hospedagem de Natal começam a ser fiscalizados,  por fiscais do Ministério do Turismo e técnicos da Secretaria de Estado do Turismo. O objetivo é combater irregularidades no Cadastur, sistema de cadastro dos prestadores de serviços turísticos, coordenado pela Setur RN. Hoje, no Centro de Convenções, terá uma reunião com o trade e representantes de classe, para alinhar as ações.

Travessia 1
O RN terá dois voos semanais da Holanda ainda este ano, anuncia a Secretaria Estadual de Turismo. Os voos vindos de Amsterdã, na Holanda, para Natal começam em novembro. As negociações com a Corendon,  uma das três maiores empresas holandesas, foram iniciadas em janeiro de 2016. Serão 189 passageiros em cada vôo.

Travessia 2
Mais voos internacionais de baixo custo vão chegar ao Brasil. Agora é a Norwegian Air Shuttle que planeja voar ao Brasil a partir da Argentina e de Londres para ampliar suas operações na América do Sul, iniciadas há um mês. A empresa escandinava já recebeu autorização do governo argentino para operar voos para 13 cidades brasileiras.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários