Cervejarias artesanais do RN tem espaço na feira

Publicação: 2019-02-01 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O paladar dos visitantes da Fiart 2019 também foi agraciado com um trabalho artesanal: pela primeira vez, o evento está recebendo uma área dedicada às cervejas especiais feitas no estado.  Sete cervejarias locais estão servindo suas produções no ambiente localizado no final do novo pavilhão, montado como um boteco estilizado – e com uma impressionante visão panorâmica da Via Costeira e Ponta Negra. O local também serve petiscos e tem música ao vivo.

Ambientação regional e diversidade de sabores na praça
Ambientação regional e diversidade de sabores na praça

Na praça alternativa da Fiart podem ser encontradas as cervejarias Trek Beer, HopMundi, Raffe, 1920 – A Era Clandestina, Braz Hebron, Poty Bier, e Potiguara. Esse mostruário é a prova de que a produção potiguar está cada vez mais arrojada e que o paladar do consumidor está mais aberto e exigente. “As pessoas estão mais curiosas sobre as cervejas artesanais. E quando se começa a provar esse tipo de cerveja, fica difícil voltar àquelas industrializadas. O paladar vai se acostumando à cerveja mais encorpada”, afirma Daniela Varela, mestre cervejeira da 1920.

Cada cervejaria está expondo uma amostra de seu produto. A 1920 trouxe cinco rótulos de sua marca, além de torneira com uma cerveja IPA. Daniela explica que há das mais leves às mais amargas, passando pelas aromáticas e uma que até combina com sobremesas. A 1920 está há um ano no mercado e recentemente abriu um espaço em Lagoa Nova, o Clandestina Beer Lab, que abre às sextas-feiras para receber os bons bebedores. A cervejeira está apreciando a exposição que a Fiart está lhe dando. “Muita gente que ainda não nos conhece vai provar nosso produto aqui pela primeira vez. É uma bela oportunidade”, afirma.

Daniela Varela é mestre cervejeira da marca 1920
Daniela Varela é mestre cervejeira da marca 1920

Boteco
Para harmonizar com as cervejas artesanais, o “boteco” da Fiart conta com um menu próprio de petiscos saborosos. Tem linguiça do sertão recheada com vinagrete e bacon, costelinha suína, escondidinho de carne de sol, espetinhos de filé de camarão, tábua de frios, entre outros. A música ao vivo começa sempre às 19h. Já a praça de alimentação oficial localizada logo na entrada do novo pavilhão tem um cardápio bem eclético, com acarajé baiano legítimo, hambúrgueres artesanais feitos na hora, creperia, pizza gourmet, milk-shakes, cachorro-quente gourmet, e coxinha.




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários