Champanheria reforçada para encher as taças

Publicação: 2018-02-16 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O espaço champanheria do restaurante A Cozinharia, em Ponta Negra, completou um ano e entra em 2018 com menu reforçado e cheio de novidades. A bebida leve e refrescante, ideal para enfrentar o calorão local, pode ser apreciada em variadas medidas e combinações, com boa diversidade, e ainda harmonizando com muitos pratos do cardápio. A casa lançou as novidades na semana há duas semanas.

Chef Gabriel Camilo sugere uma noite de espumantes brasileiros
                      Chef Gabriel Camilo sugere uma noite de espumantes brasileiros

A champanheria deu ao cliente a possibilidade de saborear os espumantes da forma que desejar, segundo o chef Gabriel Camilo. “A maioria das pessoas gosta de simplesmente poder beber uma taça. Nem todos querem uma garrafa inteira. Mesmo assim ainda damos a opção de meia garrafa, e também a ‘baby’, de 180ml'', diz. Agora há ao todo 25 rótulos diferentes, entre marcas brasileiras e a francesa – a legítima champanhe, vinda da região do mesmo nome.

“A gente investiu com força nos espumantes brasileiros, pois já é reconhecidamente um dos melhores do mundo. O conceito deles é alto no segmento”, afirma Gabriel. A nova carte oferece rótulos renomada da vinícola gaúcha Gran Legado, como  o Champenoise Rosé, Nero, 130, Maria Valduga, e o Forrestier Champenoise Nature. Há ainda  os Valmarino (da serra gaúcha) e o Victoria Geisse Rosé. Já entre os legítimos franceses tem rótulos da Möet & Chandon, o renomado Dom Pérignon, e o ‘chic’ Veuve Clicquot.

Entradas e petiscos da Champanheria harmonizam com bebidas
Entradas e petiscos da Champanheria harmonizam com bebidas

Os espumantes também são usados em alguns drinques da casa, como o ‘clericot’, uma mistura de espumante com frutas ou licor de pêssego ou laranja. A versatilidade dos espumantes também pode ser saboreada nos pratos. A própria casa indica as harmonizações. Gabriel cita iguarias exemplares, como o camarão no champanhe; o queijo brie crocante com redução de frutas vermelhas; ceviche de robalo; o duo do mar (lombo de robalo grelhado em molho pesto e camarões crocantes com risoto de limão siciliano e redução de frutas vermelhas). E espumante também harmoniza com a sobremesa, como a panacota de frutas, pudim, pastel cartola e cocada de forno.

A champanheria é um dos espaços mais charmosos da já charmosa Cozinharia. É um dos três ambiente da casa e comporta até 55 pessoas. O chef Grabriel almeja que o natalense entenda aos poucos a importância do espumante em seu cotidiano. “É a bebida mais adequada para o clima em que vivemos. É muito melhor saborear algo que te faz bem. A gente quer estimular as pessoas a conhecer melhor as qualidades de um espumante”, conclui.

Drinque a base de espumante, o Clericot é servido com frutas
      Drinque a base de espumante, o Clericot é servido com frutas

Esta semana, a casa também aproveita o Valentine's Day, o Dia dos Namorados comemorado em outros países, para server o menu degustação acompanhado, claro, de muitas borbulhas.

Serviço:
A Cozinharia. Av. Praia de Muriú, 9132, Ponta Negra. Aberto de terça a domingo. Tel.: 2010-4274/ 99423-6625/2020-5432.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários